Número mínimo de repetições em experimentos de competição de híbridos de milho

Autores

  • Cristiano Nunes Nesi
  • Helton Corrêa Dal Bó
  • Antônio Lourenço Guidoni
  • Cleber Bringhenti

Palavras-chave:

Precisão, Nível mínimo de significância, Diferença mínima significativa.

Resumo

Um dos problemas enfrentados no planejamento de um experimento é determinar o número de repetições dos tratamentos ensaiados. O número de repetições está diretamente relacionado à precisão dos resultados de um experimento. O objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito do número de repetições em experimentos de competição de híbridos de milho. O ensaio foi conduzido no delineamento experimental em blocos completos casualizados com 12 repetições. A variável analisada foi o rendimento de grãos. Tomando-se por base o experimento com 12 repetições como a população referência, 4083 novos experimentos foram obtidos pela combinação dos 12 blocos em r repetições. Cada um dos experimentos gerados foi submetido a análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey. Observouse que a proporção de experimentos com diferenças significativas detectadas com nível mínimo de significância abaixo de 5% aumentou diretamente com o número de repetições, indicando no mínimo 11 repetições para que esse valor não seja inferior a 95%, para o rendimento de grãos. Para os valores da diferença mínima significativa (DMS) observa-se convergência entre os valores, estabilizando em torno de uma DMS de 10%. A estabilização da DMS média para maiores números de repetições indica que é inviável obter ensaios altamente precisos considerando somente o aumento no número de repetições.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

NESI, C. N.; DAL BÓ, H. C.; GUIDONI, A. L.; BRINGHENTI, C. Número mínimo de repetições em experimentos de competição de híbridos de milho. Revista de Ciências Agroveterinárias, Lages, v. 9, n. 1, p. 74-81, 2010. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/agroveterinaria/article/view/5288. Acesso em: 5 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigo Completo - Áreas Correlatas