Desejo de convívio: uma carta é uma visita

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/14145731033920200109

Palavras-chave:

Cartas, Convivialidade, Mulheres presas, Teatralidades liminares

Resumo

Este artigo propõe o compartilhamento da pesquisa de Mestrado “Mergulho no Escuro: O teatro é [no] encontro com o outro no mundo”, realizada na Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais, na linha de pesquisa Artes da Cena. Nesta pesquisa foi proposta uma residência artística em três unidades prisionais femininas tendo como referência práticas e concepções contemporâneas em teatro. O trabalho foi realizado a partir da ideia de que a escrita e o compartilhamento de cartas pessoais poderia ser mote para um acontecimento teatral. A investigação revelou a potência das artes da cena na proposição de encontros de intimidades junto às mulheres presas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana Cezário Milagres de Melo, Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET/MG)

Profa. do Departamento de Arte, Design e Tecnologia do CEFET/MG. Mestra em Artes pelo Programa de Pós Graduação em Artes (Escola de Belas Artes/UFMG).

Referências

ANDRÉ, Carminda Mendes. Espaço inventado: o teatro pós-dramático na escola. Educ. rev., Belo Horizonte, n. 48, p. 125-141, Dec. 2008. Disponível em http://www.scielo.br/pdf/edur/n48/a07n48.pdf

BRANT, Fernando; NASCIMENTO, Milton. Intérprete: Milton Nascimento. Travessia. Álbum: Travessia. Gravadora: Ritmos-Codil (LP)/Dubas Música (CD). 1967.

CABALLERO, Ileana Diéguez. Cenários liminares: teatralidades, performances e política. Tradução: Luis Alberto Alonso e Angela Reis. Uberlândia: EDUFU, 2011.

CARLSON, Marvin. Performance: uma introdução crítica. Tradução: Thaís Flores Nogueira Diniz; Maria Antonieta Pereira. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010.

Central do Brasil. Direção: Walter Salles. Roteiro: João Emanuel Carneiro, Marcos Bernstein. Produção: Elisa Tolomelli. Brasil; França; 1998. 1 DVD. 112 min.

CONCÍLIO, Vicente. Teatro e Prisão: dilemas da liberdade artística. São Paulo: Aderaldo & Rothschild, 2008.

DUBATTI, Jorge. Filosofía del teatro 1: convivio, experiencia, subjetividad. Buenos Aires: Atuel, 2007.

EVARISTO, Conceição. Olhos d’água. Rio de Janeiro: Pallas: Fundação Biblioteca Nacional, 2015.

FABIÃO, Eleonora. Performance e teatro: poéticas e políticas da cena contemporânea. Sala Preta, Brasil, v. 8, p. 235-246, nov. 2008. Disponível em: <http://www.revistas.usp.br/salapreta/article/view/57373>. Acesso em: 13 maio 015.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e Punir: nascimento da prisão. Tradução: Raquel Ramalhete. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010.

GOFFMAN, Erving. Manicômios, prisões e conventos. São Paulo: Perspectiva, 2010.

HISSA, Cássio Eduardo Viana. Entrenotas: compreensões de pesquisa. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2013.

LISPECTOR, Clarice. Mineirinho. In: NUNES, Aparecida Maria (orgs). Clarice na cabeceira: jornalismo. Rio de Janeiro: Rocco, 2012.

MACHADO, Marina Marcondes. Só Rodapés: Um glossário de trinta termos definidos na espiral de minha poética própria. Revista Rascunhos / Caminhos da pesquisa em artes cênicas. Uberlândia, UFU. v. 2, n. 1 (2015): Dossiê Teatro e Escola: ações e reflexões.

MARTINS, Joel. Uma abordagem de currículo na perspectiva fenomenológica. In: MARTINS, Joel. Um enfoque fenomenológico do currículo: educação como poíesis. São Paulo: Cortez, 1992.

MATTOS, Virgílio de; PINTO, João Batista Moreira (orgs). A legibilidade do ilegível: textos produzidos por mulheres condenadas e em cumprimento de pena privativa de liberdade, no início do século XXI, em Belo Horizonte. Belo Horizonte: Fundação MDC, 2006.

MELO, Luciana Cezário Milagres de. Mergulho no Escuro: O teatro é [no] encontro com o outro no mundo. 2017. Dissertação (Mestrado em Artes) - Escola de Belas Artes – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2017.

MORAES, Marcos. Residência artística: ambientes de formação, criação e difusão. 2009. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo). Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: http://biblioteca.posgraduacaoredentor.com.br/link/?id=2363996. Acesso em: 28 dez. 2016.

PACKER, Amilcar. Resiliências artísticas. In: BEZERRA, André; VASCONCELLOS, Ana (org.). Mapeamento de residências artísticas no Brasil. Rio de Janeiro: Funarte, 2014. Disponível em: http://www.funarte.gov.br/residenciasartisticas/wp-content/uploads/2014/07/miolo+capa-livro-res-artisticas-FINAL_baixa-res.pdf. Acesso em: 28 dez. 2016.

QUEIROZ, Nana. Presos que menstruam. Rio de Janeiro: Record, 2015.

SANTOS, Lulu. Sereia. Álbum: Eu e Memê, Memê e Eu. 1995

STRECKER, Marcos. Na estrada: o cinema de Walter Salles. São Paulo: Publifolha, 2010.

TURNER, Victor W. O processo ritual: estrutura e anti-estrutura. Tradução: Nancy Campi de Castro. Petrópolis, Vozes, 1974.

TURNER, Victor. Dewey, Dilthey e Drama: um ensaio em Antropologia da Experiência (primeira parte). Tradução: Herbert Rodrigues. Cadernos de Campo, São Paulo, v. 13, n. 13, p. 177-185, 2005. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/cadernosdecampo/article/view/50265. Acesso em: 10 jan. 2017.

TURNER, Victor. Liminal ao liminoide:em brincadeira, fluxo e ritual. Um ensaio de simbologia comparativa. Tradução: Herbert Rodrigues. Mediações, Londrina, v. 17, n.2, p. 214-257, 2012. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/mediacoes/article/view/14343. Acesso em: 10 jan. 2017.

VASCONCELOS, Ana. Apontamentos para a construção de um programa Funarte de residências artísticas. In: BEZERRA, André; VASCONCELLOS, Ana (org.). Mapeamento de residências artísticas no Brasil. Rio de Janeiro: Funarte, 2014. Disponível em: http://www.funarte.gov.br/residenciasartisticas/wp-content/uploads/2014/07/miolo+capa-livro-res-artisticas-FINAL_baixa-res.pdf. Acesso em: 28 dez. 2016.

Downloads

Publicado

2020-12-23

Como Citar

MELO, L. C. M. de. Desejo de convívio: uma carta é uma visita. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 3, n. 39, p. 1-30, 2020. DOI: 10.5965/14145731033920200109. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/18848. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Dossiê temático: Artes da Cena atrás das grades