Cidade espaço inóspito: território do teatro de invasão

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/14145731023820200024

Palavras-chave:

Teatro de rua, Violência, Espacialidades

Resumo

Este texto discute a cidade como espaço inóspito e violento, e sua abordagem pelas práticas de teatro de invasão. Esta modalidade teatral é analisada como estratégia dissidente com relação à lógica funcionalista da rua e como resistência à cultura da violência. O artigo também aborda o conflito como contexto dos processos de criação e habitação do espaço urbano pela experiência cênica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Carreira, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Professor Titular da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), atuando no curso de mestrado e doutorado do Programa de Pós-Graduação em teatro (PPGT), bem como no curso de Licenciatura em Teatro (CEART/UDESC). Pesquisador PQ.

Referências

BENJAMIN, Walter. Le Flâneur Éveillé, L’art de la Ville. In Exposição WALTER BENJAMIN Le passant, la trace (catálogo), Centre Georges Pompidou, Galerie Nord, Paris 23 février - 23 mai 1994. Citado por Jorge Mario Jauregui. Disponível em: http://www.jauregui.arq.br. Acesso em: 03 fev. 2020.

CANCLINI, Nestor García. Imaginarios Urbanos. Buenos Aires: EUDEBA, 2005.

CARDASO, Pedro Luis Lorenzo. Principales teorías sobre el conflict social. In Norba – Revista de Historia. Cáceres, v.15, 2001. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/descarga/articulo/241031.pdf. Acesso em: 03 mar. 2020.

CARREIRA, André. Sobre um ator para um teatro que invade a cidade. In: Moringa, João Pessoa, Vol. 2, n. 2, jul./dez. de 2011.

CARREIRA, André. Entrevista. In Jornal Caixa de Ponto. Florianópolis, n.1, 2015, Disponível em: https://7def63e5-712c-41aa-b56c-d66c7d4ff3e2.filesusr.com/ugd/23361d_841642b3a38a465a9b79f6946fa010cf.pdf. Acesso em: 07 fev. 2020.

CARREIRA, André. Teatro de invasão: a cidade como dramaturgia. São Paulo: HUCITEC, 2019.

CASTEL, Robert. ¿La inseguridad social: qué es estar protegido?. Buenos Aires: Manantial, 2008.

COSTA, Márcia Regina da. A violência urbana é particularidade da sociedade brasileira?. In: São Paulo em Perspectiva, São Paulo, vol.13, no.4,1999.

COSTA , Pedro e LOPES, Ricardo. Dos dois lados do espelho: diálogos com um bairro cultural através da intervenção urbana. In: Etnográfica Revista do Centro em Rede de Investigação em Antropologia. vol. 22, n. 2, 2018. Disponível em: https://journals.openedition.org/etnografica/5572. Acesso em: 07 mar. 2020.

DA MATTA, Roberto. A casa & a rua espaço, cidadania, mulher e morte no Brasil. Rio de Janeiro: Editora Rocco, 1997.

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano. Petrópolis: Vozes, 1994.

CERTEAU, Michel de. La cultura en plural. Buenos Aires: Ed. Nueva Visión. 1999.

DELGADO, Manuel. Espacio público como ideología. Madrid: Libros de la Catarata, 2011.

DELGADO, Manuel. El idealismo del espacio público. Revista Papeles de relaciones ecosociales y cambio global. Barcelona, n. 111, 2010.

DURKHEIM, Emile. Suicídido: estudo de sociologia. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

DUVIGNAUD, Jean. El juego del juego. México: Fondo de Cultura Económica, 1980.

FÉRAL, Josette. Além dos limites - teoria e prática do teatro. São Paulo: Ed. Perspectiva, 2015.

FOUCAULT, Michel. De los espacios otros (1967). In Fotocopioteca. N.43, 2014. Disponível em: http://www.lugaradudas.org/archivo/publicaciones/fotocopioteca/43_espacios_otros.pdf. Acesso em: 20 abr. 2020.

FURLAN Reinaldo e SILVA Mauricio. Corpo, utopia e limite no pensamento de Michel Foucault. In: Fractal, Revista de Psicologia. vol.31 no.2 , 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1984-02922019000200111&lng=en&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em 03/01/2020.

GARCÍA CANCLINI, Nestor. Imaginarios urbanos. Buenos Aires: EUDEBA, 2005.

JAVIER, Francisco. La renovación de la escena argentina está alojada en las pequeñas salas. In: Cuadernos de Picadero/INET, Buenos Aires, n. 4, Diciembre, 2004.

LYNCH, Kevin. A imagem da cidade. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

SCHECHNER, Richard. Environmental Theater. New York: Applause, 1994.

SLAVOJ, Zizek. Violencia: seis reflexiones marginales. Barcelona: Paidós, 2009.

STRAEHLE, Edgar. En torno a la violencia burocrática: Observaciones acerca de uno de los rostros de la violencia contemporánea. In: Anuari del Conflicte Social. 2014. Disponível em: https://revistes.ub.edu/index.php/ACS/article/view/12292. Acesso em: 10 abr. 2020.

WISNIK TEIXEIRA, Guilherme. Dentro do labirinto: Hélio Oiticica e o desafio do “público” no Brasil. In: Revista ARS, São Paulo, v. 15 n. 30, 2017.

Downloads

Publicado

2020-09-24

Como Citar

CARREIRA, André. Cidade espaço inóspito: território do teatro de invasão. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 2, n. 38, p. 1–32, 2020. DOI: 10.5965/14145731023820200024. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/17943. Acesso em: 23 maio. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Temático - Espaços: configurações na cena brasileira e latino-americana