Cine Teatro Capitólio em Porto Alegre, templo de arte dramática, lugar de memória

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573103362019396

Palavras-chave:

Cine-Theatro Capitálio, Cinema, Teatro, Porto Alegre, Cinemateca Fundacine-Petrobrás

Resumo

Este artigo analisa aspectos da trajetória do Cine-Theatro Capitólio, inaugurado em 1928, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, e hoje convertido em um centro de cultura, a Cinemateca Capitólio Fundacine-Petrobrás. O artigo relaciona a evolução arquitetônica do prédio ao longo do tempo e seus diversos usos com uma síntese da história do cinema e da organização urbana do perímetro central de Porto Alegre.  O antigo palácio de cinema hoje reencontra sua vocação como lugar de memória. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gunter Axt, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Bacharelou-se em História para UFRGS, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Mestrado na mesma universidade em 1995. Doutorou-se em História Social pela USP, Universidade de São Paulo, em 2001. Desenvolveu pós-doutorado junto ao CPDOC da FGV,  Centro de Pesquisa e Documentação da Fundação Getúlio Vargas entre 2005 e 2006. 

Referências

AXT, Gunter. A participação da iniciativa privada nacional no setor elétrico gaúcho

- Uma Perspectiva das Maiores Empresas (1887-1929). História em Revista (UFPel), Pelotas, v. 4, n.1, p. 63-94, 1998.

AXT, Gunter. Cine-Theatro Capitólio: um olhar em transformação. Porto Alegre: Fundacine, 2007.

AXT, Gunter. A Faculdade de Direito de Porto Alegre, UFRGS: memória, ensino e política, desde 1900. 1. ed. Porto Alegre: Paiol, 2014.

AXT, Gunter; LONGHI, Pedro Henrique; WILD, Flávio (orgs.). Theatro São Pedro: 150 anos. Porto Alegre: Nova Prova, 2008.

AXT, Gunter; WILD, Flávio; BUENO, Fernando. Tradição e arte em receber (1808- 2018): uma história da hospedagem e alimentação em Porto Alegre e região. Porto Alegre: Paiol, 2018.

BAKOS, Margareth M. Porto Alegre e seus eternos intendentes. Porto Alegre: EDIPU-

CRS, 1996.

BORDAT, F. & ETCHEVERRY, M. Cent ans d’aller au cinema. Rennes: Presses Universitaires de Rennes, 1995.

DAMASCENO, Athos. Colóquios com a minha cidade. Porto Alegre: Globo, 1974.

FEIX, Daniel. Após mais de 10 anos de obras, Cinemateca Capitólio será inaugurada nesta sexta. Zero Hora, 25 de março de 2015.

FRANCO, Sérgio da Costa. Porto Alegre: guia histórico. Porto Alegre: Ed. da Universidade/ UFRGS, 1992.

GASTAL, Susana. Salas de Cinema: a cultura entre o lazer e o prazer. In: AXT, Gunter & Schüller, Fernando (orgs.). 4 X Brasil. Itinerários da Cultura Brasileira. Porto Alegre: Editora Artes & Ofícios, 2005.

GERTZ, René E. O Perigo Alemão. Porto Alegre: Ed. da UFRGS, 1991.

MACHADO JÚNIOR, Cláudio de Sá. Memórias sociais e políticas de preservação: legislações públicas e relatos orais sobre o patrimônio tombado Cinetheatro capitólio (Porto Alegre, RS). Anais do congresso de História Oral, ABHO, 2012.

MOURA, Simone Rolim. Entre memória e preservação: uma etnografia sobre a im- plantação da Cinemateca Capitólio, em Porto Alegre – RS. Porto Alegre, dissertação de mestrado PPG antropologia social, UFRGS, 2008.

NORA, Pierre. Entre memória e história: a problemática dos lugares. Revista Projeto História, São Paulo, 10, p. 7-28, dez. 1993.

PFEIL, Antonio Jesus. Eduardo Hirtz, o pioneiro. FilmeCultura, ano 8, nº 25, 1974.

PFEIL, Antonio Jesus. Cinematógrafo e o cinema dos pioneiros. In: BECKER, Tuio. (Org.). Cinema no Rio Grande do Sul. Cadernos Porto & Vírgula, 8. Porto Alegre: Unidade Editorial/PMPA, 1995.

SANTOS, Eloína Prati dos. Mostra Tela Indígena – 13 a 18 de setembro de 2018, Cine Capitólio, Porto Alegre, RS, Brasil. E outros comentários sobre filmes indígenas contemporâneos no Brasil. Interfaces Brasil-Canadá, Florianópolis-Pelotas-São Paulo,

vol 18, n. 3, p. 226-242.

SCHVARZMAN, Sheila. Ir ao cinema em São Paulo nos anos 20. In. Revista Brasileira de

História, ANPUH, vol. 25, n° 49, jan-jun, 2005, págs. 153-174.

SIMÕES, Inimá. Salas de cinema em São Paulo. São Paulo: SMC, 1990.

SPALDING, Walter. Pequena História de Porto Alegre. Porto Alegre: Ed. Sulina, 1967.

STEYER, Fábio Augusto. O Cinema em Porto Alegre - RS (1896-1920). Porto Alegre: sed., 1998.

TRUSZ, Alice Dubina. Entre Lanternas Mágicas e Cinematógrafos: as Origens do Espetáculo Cinematográfico em Porto Alegre (1861-1908). Porto Alegre: Ecofalante, 2010.

ZANELLA, Cristiano. The end: cinemas de calçada em Porto Alegre (1990-2005). Porto Alegre: Ideias a Granel, 2006.

Downloads

Publicado

2019-12-13

Como Citar

AXT, G. Cine Teatro Capitólio em Porto Alegre, templo de arte dramática, lugar de memória. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 3, n. 36, p. 396-411, 2019. DOI: 10.5965/1414573103362019396. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/15615. Acesso em: 28 set. 2022.