Conversando: Entre Duas Fileiras. Entrevista com Gerald Thomas.

Autores

  • Gunter Axt Colaborador Diversitas, Núcleo de Estudos das Diversidades, Intolerâncias e conflitos. USP.

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573102322018562

Resumo

Nessa entrevista, concedida ao historiador Gunter Axt, Gerald Thomas responde a perguntas sobre seu último livro, oautobiográfico, Entre duas fileiras, lançado em 2016, e temas nele tratados. 

Biografia do Autor

Gunter Axt, Colaborador Diversitas, Núcleo de Estudos das Diversidades, Intolerâncias e conflitos. USP.

Gunter Axt é historiador. Bacharelou-se em História para UFRGS. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em 1992 e defendeu mestrado na mesma universidade em 1995. Doutorou-se em História Social pela USP, Universidade de São Paulo, em 2001. Desenvolveu pós-doutorado junto ao CPDOC da FGV. Centro de Pesquisa e Documentação da Fundação Getúlio Vargas, entre 2005 e 2006. Em 2009, foi professor visitante na Université Denis Diderot, Paris VII, junto ao Institut de la Pensée Contemporaine. Foi pesquisador associado ao Laboratório de Estudos da Intolerância (LEI) da USP entre 2005 e 2011 e integra o Grupo de Trabalho em História Política da Associação Nacional de História (ANPUH), que já coordenou em nível nacional e regional. Atuou como pesquisador e gestor cultural com foco na área da memória e do patrimônio histórico, contribuindo na concepção ou execução de diversos projetos de memória institucional, dentre os quais os da Assembleia Legislativa do RS, do Poder Judiciário do RS, do Ministério Público do RS, do Tribunal Militar do RS, da Ajuris (Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul), da Escola Superior da Magistratura do RS, do Tribunal Federal da 4ª Região, do Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região (Santa Catarina), do Ministério Público de Santa Catarina, do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, do Conselho da Justiça Federal, do Ministério Público Militar da União e do Conselho Nacional do Ministério Público. Em 2007, integrou o Programme Courants da Maison de Cultures du Monde, em Paris. Entre 2006 e 2008 integrou a curadoria do seminário internacional Fronteiras do Pensamento, que se realizou em Porto Alegre, em Salvador e em São Paulo. Entre 2010 e 2012 foi curador do Congresso de Jornalismo Cultural, promovido pela revista Cult, de São Paulo. Entre abril de 2012 e agosto de 2013, foi Professor do Mestrado em Memória Social e Bens Culturais e esteve vinculado ao projeto de mestrado Direito e Sociedade, ambos do Centro Universitário La Salle, Canoas/RS. É, desde 2012, pesquisador colaborador do Núcleo de Estudos Diversitas, da USP. Desenvolve, desde outubro de 2014, segundo estágio pós-doutoral, dessa vez junto ao Programa de Pós-Graduação em Direito do Centro de Ciências Jurídicas da Universidade Federal de Santa Catarina. Tem vários títulos publicados, entre livros, artigos e obras organizadas, tendo se especializado em História do Brasil Império e República, História do Direito e da Justiça, História Cultural do Brasil e gestão cultural. Seu livro mais importante, Gênese do Estado Moderno no RS, resultado de sua tese de doutorado, foi lançado na Feira do Livro de Porto Alegre de 2011, quando também foi indicado finalista do Prêmio Fato Literário. Seu livro As Guerras dos Gaúchos foi contemplado em 2009 com dois prêmios Açorianos de Literatura, oportunidade na qual o livro Fronteiras do Pensamento: retratos de um mundo complexo recebeu também uma menção honrosa. É editor-chefe da revista Interfaces Brasil/Canadá (Qualis A 2 em Letras: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/interfaces/index ), da Associação Brasileira de Estudos Canadense, entidade junto a qual funciona como vice-presidente desde abril de 2012. 

Downloads

Publicado

2018-09-11

Como Citar

Axt, G. (2018). Conversando: Entre Duas Fileiras. Entrevista com Gerald Thomas. Urdimento - Revista De Estudos Em Artes Cênicas, 2(32), 562-578. https://doi.org/10.5965/1414573102322018562

Edição

Seção

Entrevistas