Apontamentos sobre o figurino entre as artes cênicas e visuais

Autores

  • Manoel Silvestre Friques UNIRIO | PUC-Rio

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573101222014181

Resumo

Neste artigo, são apresentados obras e processos artísticos que possuem, como ponto de partida, a manipulação de procedimentos comuns ao ofício do figurinista. Sendo assim, procura-se observar aqui as diversas maneiras encontradas por alguns artistas-figurinistas para transformar a costura, o bordado, a tecelagem, dentre outros fazeres, em proposições estéticas. Antes de reforçar a separação entre as artes cênicas e as visuais, propõe-se então a consideração destas como um campo híbrido e ampliado no qual situam-se as obras de Bob Wilson, Cindy Sherman, Leonilson, Bispo do Rosário, Letícia Parente e Sheila Hicks.    

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Manoel Silvestre Friques, UNIRIO | PUC-Rio

Mestre em Artes Cênicas (UNIRIO), Teórico do Teatro (UNIRIO), Engenheiro de Produção (UFRJ), Doutorando no Programa de História Social da Cultura (Puc-Rio), Professor Auxiliar da Escola de Engenharia de Produção com ênfase em Produção Cultural (UNIRIO).

Downloads

Publicado

2014-07-01

Como Citar

FRIQUES, Manoel Silvestre. Apontamentos sobre o figurino entre as artes cênicas e visuais. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 22, p. 181–200, 2014. DOI: 10.5965/1414573101222014181. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573101222014181. Acesso em: 21 maio. 2024.

Edição

Seção

Fluxo Continuo