“Rir é muito bom”: o riso e o teatro de bonecos para a infância na obra de Maria Mazzetti – aproximações

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2595034701262022155%20

Palavras-chave:

Maria Mazzetti, Cômico, Riso, Infância

Resumo

Este artigo almeja lançar luz às ideias de comicidade e de riso presentes em uma das obras da bonequeira Maria Mazzetti. A partir da análise de alguns de seus textos, buscamos refletir a respeito de temas como a perspectiva ideal de diversão para o público infantil, a concepção de infância imbuída na trajetória desta artista e a relação do riso com o que se compreendia a respeito do movimento da Escola Nova. Parte-se da ideia de que as suas concepções podem ser expandidas para outras autoras do teatro de bonecos nacional do mesmo período, o que nos leva a concluir que as reflexões aqui desenvolvidas sugerem, de certo modo, aspectos da história mais ampla do teatro de bonecos brasileiro. 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tânia Gomes Mendonça, Universidade de São Paulo

Possui Bacharelado e Licenciatura pelo Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP). É mestra pelo programa de pós graduação em História Social da Universidade de São Paulo (USP). Atualmente, é doutoranda pelo programa de pós graduação em História Social da Universidade de São Paulo com a tese "Entre os fios da história: o teatro de bonecos no Brasil e na Argentina (1934-1966)".

Referências

ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. História da educação e da pedagogia. São Paulo: Moderna, 2006.

CRUZ, Domingo Gonzalez. A história de Maria Mazzetti. Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 1994.

EDWARDS, Glyn. “Punch & Judy”. Móin-Móin. Revista de Estudos sobre Teatro de Formas Animadas. Jaraguá do Sul: SCAR/UDESC, ano 2, vol. 2, 2006.

MACHADO, Maria Clara. Como fazer teatrinho de bonecos. Rio de Janeiro: Agir, 1970.

MAZZETTI, Maria. Fantoches: humor, festa, poesia. Rio de Janeiro: Editora Fundo de Cultura, 1973.

MEDINA, Pablo (comp). VILLAFAÑE, Javier. Teatro para chicos: títeres y actores. Buenos Aires: Colihue, 2009.

MENDONÇA, Tânia Gomes. Entre os fios da história: uma perspectiva do teatro de bonecos no Brasil e na Argentina (1934-1966). Tese (Doutorado em História Social) – Programa de Pós-Graduação em História Social, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2020.

PALACIOS, Cristian. Hacia una teoría del teatro para niños. Sobre los hombros de gigantes. Buenos Aires: Lugar Editorial, 2017.

SALIBA, Elias Thomé. Raízes do Riso. São Paulo Companhia das Letras, 2002.

VALLI, Virginia. “Conselhos a um titiriteiro mambembe”. Revista Mamulengo. Guanabara, Outubro de 1973/ Março de 1974. Ano 0, n. 2.

VALLI, Virginia. “Maria Mazzetti”. Revista Mamulengo, Guanabara, (2): 7, out. 1973/mar. 1974.

Downloads

Publicado

2022-09-03

Como Citar

MENDONÇA, T. G. . “Rir é muito bom”: o riso e o teatro de bonecos para a infância na obra de Maria Mazzetti – aproximações. Móin-Móin - Revista de Estudos sobre Teatro de Formas Animadas, Florianópolis, v. 1, n. 26, p. 155-167, 2022. DOI: 10.5965/2595034701262022155 . Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/moin/article/view/22414. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: O Riso e o grotesco no teatro de animação