Instruir e/ou Educar Por uma pedagogia do Teatro de Sombras

Autores

  • Fabrizio Montecchi Teatro Gioco Vita - Itália

DOI:

https://doi.org/10.5965/2595034702142015048

Resumo

A maior dificuldade de “formar” nas disciplinas artísticas e, portanto, no Teatro
de Sombras, consiste em encontrar um equilíbrio entre instrução e educação, entre saber, saber fazer e saber ser. Uma pedagogia do Teatro de Sombras também deve conter e integrar os aspectos marcadamente técnicos no interior de um quadro de referência mais amplo.
O indivíduo em formação deve ter tanto uma experiência “cultural” quanto “existencial” dessa linguagem. Deve descobrir sua dimensão “ontológica” e compreender suas eventuais afinidades “autobiográficas”. Pois formar-se quer dizer investir tudo de si mesmo e, juntamente com a capacidade de refletir, pôr em jogo também as emoções e os sentimentos.
Para formar, portanto, é também preciso demonstrar viver o que se transmite com paixão e envolvimento. Pois ensinando podemos nos tornar importantes modelos de identificação.


Palavras-chave: Instruir. Educar. Pedagogia. Teatro de Sombras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabrizio Montecchi, Teatro Gioco Vita - Itália

Arquiteto, cenógrafo e diretor artístico do Teatro
Gioco Vitta - Piacenza, Itália, grupo do qual faz parte desde 1977. É reconhecido como um dos renovadores da linguagem do Teatro de Sombras na Europa a partir dos anos de 1980. Como pedagogo do Teatro de Sombras tem ministrado cursos na Europa e nas Américas contribuindo para a formação de uma nova geração de atores- sombristas.

Downloads

Publicado

2018-03-09

Como Citar

MONTECCHI, F. Instruir e/ou Educar Por uma pedagogia do Teatro de Sombras. Móin-Móin - Revista de Estudos sobre Teatro de Formas Animadas, Florianópolis, v. 2, n. 14, p. 048-059, 2018. DOI: 10.5965/2595034702142015048. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/moin/article/view/1059652595034702142015048. Acesso em: 24 maio. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)