Sensação e percepção no teatro de sombras

Autores

  • Fabiana Lazzari de Oliveira Universidade do Estado de Santa Catarina -UDESC

DOI:

https://doi.org/10.5965/2595034701092012164

Resumo

Este artigo pontua momentos da montagem do espetáculo Sacy Pererê: a Lenda da Meia Noite, da Companhia Teatro Lumbra de Animação da cidade de Porto Alegre (RS, Brasil), evidenciando no trabalho do ator-animador os mecanismos e recursos utilizados na sua prática no teatro de sombras. O estudo se referencia nos conceitos de sensação e percepção definidos por Rudolf Arnheim, Jacques Aumont e Robert Sternberg, que permitem compreender a importância da imagem e dos fenômenos perceptuais no teatro de sombras criado por esta companhia teatral.

Palavras-chave: Sensação; percepção; ator-animador.

Biografia do Autor

Fabiana Lazzari de Oliveira, Universidade do Estado de Santa Catarina -UDESC

Atriz, produtora cultural, Bacharel em Educação Física, licenciada em Artes Cênicas e Mestre em Teatro pelo PPGT da UDESC. Coordenadora do Seminário de Estudos sobre Teatro de Formas Animadas de Jaraguá do Sul, e coordenadora das atividades educativas do Festival Internacional de Teatro de Animação – FITAFLORIPA.

Downloads

Publicado

2018-04-03

Como Citar

Lazzari de Oliveira, F. (2018). Sensação e percepção no teatro de sombras. Móin-Móin - Revista De Estudos Sobre Teatro De Formas Animadas, 1(09), 164-179. https://doi.org/10.5965/2595034701092012164