Desenvolvimento temático: contribuições metodológicas da bibliometria e cientometria para as revisões de literatura

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1984723824562023228

Palavras-chave:

metodologia, design de pesquisa, bibliometria, cientometria, teoria ator-rede

Resumo

Pesquisas sobre o conhecimento científico, que têm a pesquisa científica como objeto do conhecimento, podem ser realizadas a partir de métodos e técnicas próprios da ciência da informação. Não obstante, esses métodos e técnicas recebem críticas por serem supostamente dicotômicos, descritivos e por operarem para compreensões superficiais. Questionamo-nos então: Seria possível propor um design de pesquisa que aborde a construção do conhecimento no qual se entrelacem a descrição, a compreensão e o contexto que conduz essa produção? Quais técnicas e métodos seriam utilizados? De que forma esse design de pesquisa poderia operar tomando por base perguntas de pesquisa? Na busca de contribuir para a mitigação dessas lacunas, o presente estudo tem como objetivo principal propor um design de pesquisa que possibilite um enlace das dimensões: descritiva, compreensiva e de contexto na investigação acerca das produções científicas. E como demais objetivos: apresentar e discutir técnicas e métodos subjacentes a esse design de pesquisa; explicar, a partir de possibilidades de pesquisa, como esses métodos e técnicas convergem no design de pesquisa proposto. No artigo, reúne-se uma série de métodos e técnicas, a fim de propor um design de pesquisa para a construção do conhecimento como um agente, que age em uma rede global e pode ser descrito, compreendido e analisado sob múltiplos olhares por pesquisadores e pesquisadoras. Esse desenho de pesquisa apresenta, como principais vantagens, uma forma de análise com maior profundidade, utiliza softwares livres, e nos informa o estado atual do campo de pesquisa, suas dinâmicas internas e externas e corrobora para a construção de novas perguntas de pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jeferson Antunes, Universidade Federal do Ceará

Doutorando em Educação Brasileira FACED/UFC, Mestre em Desenvolvimento Regional Sustentável PRODER/UFCA, Licenciatura Plena em História URCA.

Estêvão Lima Arrais, Universidade Estadual do Ceará

Doutorando em Políticas Públicas pela Universidade Estadual do Ceará (UECE), Mestre em Avaliação de Políticas Públicas (UFC), graduado em Administração Pública (UFCA).

Bernadete de Souza Porto, Universidade Federal do Ceará

Doutora em Educação Brasileira pela Universidade Federal do Ceará (UFC), professora adjunta I do departamento de teoria e prática de ensino (FACED/UFC).

Referências

AGRESTI, Alan; FINLAY, Barbara. Métodos estatísticos para as ciências sociais. 4. ed. Porto Alegre: Penso, 2012.

ARAÚJO, Carlos Alberto. Bibliometria: evolução histórica e questões atuais. Em Questão, Porto Alegre, v. 12, n. 1, p. 11-32, jan./jun. 2006.

ARIA, Massimo; CUCCURULLO, Corrado. Bibliometrix: an R-tool for comprehensive science mapping analysis. Journal of Informetrics, Taipei, v. 11, n. 4, p. 959-975, nov. 2017.

COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR – CAPES. Portal de Periódicos. Web of Science. [Brasília, DF: Capes], c2018. Disponível em: https://www.periodicos.capes.gov.br/?option=com_pcollection&mn=70&smn=79&cid=81. Acesso em: 22 Set. 2018.

CAVALCANTE, Ricardo Bezerra; ESTEVES, Cristiano José da Silva; PIRES, Mariana Calisto de Assis; VASCONCELOS, Daniela Dias; FREITAS, Mónica de Melo; MACEDO, Antonio Sávio de. A teoria ator-rede como referencial teórico-metodológico em pesquisas em saúde e enfermagem. Texto contexto - enferm., Florianópolis, v. 26, n. 4, e0910017, 2017. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0104-07072017000910017. Acesso em: 20 abr. 2022.

CRESWELL, John W. Educational research: planning, conducting, and evaluating quantitative and qualitative research. 4th. ed. Boston: Pearson, 2012.

FALAGAS, Matthew E.; PITSOUNI, Eleni I.; MALIETZIS, George A.; PAPPAS, Georgious. Comparison of PubMed, Scopus, Web of Science, and Google Scholar: strengths and weaknesses: scientific databases, pros and cons. The FASEB Journal, Rockville, v. 22, n. 2, fev. 2008.

FILIPPO, Daniela; FERNÁNDEZ, María Teresa. Bibliometría: importancia de los indicadores bibliométricos. In: EL ESTADO DE LA CIENCIA: principales indicadores de ciencia y tecnología Iberoamericanos/ interamericanos. Buenos Aires: Artes Gráfica Integradas, 2002. p. 1-10.

FONTANELLA, Bruno Jose Barcellos; LUCHESI, Bruna Moretti; SAIDEL, Maria Giovana Borges; RICAS, Janete; TURATO, Egberto Ribeiro; MELO, Débora Gusmão. Amostragem em pesquisas qualitativas: proposta de procedimentos para constatar saturação teórica. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 27, n. 2, p. 389-394, fev. 2011.

LATOUR, Bruno. Um coletivo de humanos e não humanos: no labirinto de Dédalo. In: LATOUR, Bruno. A esperança de Pandora. Bauru: Edusc; 2001. p. 201-237.

LEMIEUX, Vicent; OUIMET, Mathieu. Análise estrutural das redes sociais. 2. ed. Lisboa: Instituto Piaget, 2012.

MATHEUS, Renato Fabiano; SILVA, Antonio Braz de Oliveira. Análise de redes sociais como método para a ciência da informação. DataGramaZero - Revista de Ciência da informação, Porto Alegre, v. 7, n. 2, p. 72-93, abr. 2006.

NETTO, Paulo Oswaldo Boaventura. Grafos: teoria, modelos, algoritmos. São Paulo: Edgard Blücher, 2003.

RAFOLS, Ismael; PORTER, Alan ; LEYDESDORFF, Loet. Science overlay maps: a new tool for research policy and library management. Journal of the American Society for Information Science & Technology, Syracuse, v. 61, n. 9, p. 1871-1887, ago. 2010.

RIEHMANN, Patrick; HANFLER, Manfred; FROEHLICH, Bernd. Interactive sankey diagrams. In: IEEE SYMPOSIUM ON INFORMATION VISUALIZATION 2005. Minneapolis: INFOVIS 2005.

ROMANCINI, Richard. A bibliometria na (e além da) avaliação. Em questão, Porto Alegre, v. 23, n. 3, p. 300-305, set./dez. 2017.

SANTOS, Raimundo Nonato de Macedo dos; KOBASHI, Nair Yumiko. Bibliometria, cientometria, infometria: conceitos e aplicações: tendências da pesquisa brasileira em ciência da informação. Pesq. bras. Ci. Inf., Brasília, v. 2, n. 1, p. 155-172, jan./dez. 2009.

SILVA, José Aparecido da; BIANCHI, Maria de Lourdes Pires. Cientometria: a métrica da ciência. Paidéia, Ribeirão Preto, v. 11, n. 21, p. 5-10, 2001.

SILVA, Márcia Regina da; HAYASHI, Carlos Roberto Massao; HAYASHI, Maria Cristina Piumbato Innocentini. Análise bibliométrica e cientométrica: desafios para especialistas que atuam no campo. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, São Paulo, v. 2, n. 1, p. 110-129, jun. 2011.

SIMATUPANG, Togar M.; SRIDHARAN, Ramaswami. The collaboration index: a measure for supply chain collaboration. International Journal of Physical Distribution & Logistics Managemente, Verona, v. 35, n. 1, p. 44-62, jul. 2004.

Downloads

Publicado

2023-12-11

Como Citar

ANTUNES, Jeferson; ARRAIS, Estêvão Lima; PORTO, Bernadete de Souza. Desenvolvimento temático: contribuições metodológicas da bibliometria e cientometria para as revisões de literatura. Revista Linhas, Florianópolis, v. 24, n. 26, p. 228–252, 2023. DOI: 10.5965/1984723824562023228. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/linhas/article/view/21272. Acesso em: 21 fev. 2024.