Movimentos Sociais Surdos e a Educação: tecendo comentários sobre a proposição da abordagem bilíngüe para surdos<br>Social movements of the deaf and education: a bilingual approach to education

Autores

  • Paulo César Machado

Resumo

Os movimentos sociais surdos no Brasil e no mundo têm questionado a visão homogeneizada das sociedades e reivindicam uma política de reconhecimento quanto as suas diferenças. A educação escolar dos surdos é um exemplo. Esse artigo se propõe a tecer comentários de natureza teórica e metodológica implicados numa proposta de educação bilíngüe para surdos, aproximando-se de reivindicações pleiteadas há longo tempo e sistematizadas nos últimos anos, juntamente com os movimentos sociais surdos de Santa Catarina.

Palavras-chave: Movimentos sociais surdos. Educação bilíngüe. Proposta de educação em Santa Catarina.

E Social movements of the deaf in Brazil and throughout the world have been questioning the homogenized perspective of societies and demanding a policy of recognition of their differences. Schooling for the deaf is one example. This article presents commentaries of a theoretical and methodological nature concerning a proposal for bilingual education for the deaf. It is related to the requests made for many years - systematized in recent years - by social movements of the deaf in Santa Catarina State.

Key words: Social movements of the deaf. Bilingual education. Educational proposal in Santa Catarina.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-03-02

Como Citar

CÉSAR MACHADO, P. Movimentos Sociais Surdos e a Educação: tecendo comentários sobre a proposição da abordagem bilíngüe para surdos<br>Social movements of the deaf and education: a bilingual approach to education. Revista Linhas, Florianópolis, v. 6, n. 2, 2007. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/linhas/article/view/1269. Acesso em: 26 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigo