Estudo sobre tradução de termos usuais da língua inglesa em manuais de modelagem do vestuário

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/25944630622022e0148

Palavras-chave:

modelagem do vestuário, terminologia, inglês

Resumo

São muitos os pontos de partida para a construção de uma peça de vestuário. Livros e revistas de modelagem, periódicos de moda ou a própria peça podem ser usados como referência, por exemplo. Com o advento da internet, ampliou-se as fontes de consulta com os blogs, os tutoriais em vídeo e o acesso facilitado a materiais estrangeiros, especialmente em inglês. Este artigo apresenta uma reflexão sobre as possibilidades de definições e traduções de termos técnicos usuais na área da modelagem do vestuário e confecção. Os livros de modelagem em língua inglesa dos autores Armstrong (2010), Cole (2016) e Richardson (2008) serviram como referência e teve-se como base comparativa o livro de modelagem de Berg (2019), em português. Apresenta-se um estudo acerca de seis termos (across chest, across back, back neck, back neckline, squared-off angle e marcel stitch) que se destacaram nas reflexões realizadas. Para concluir, discute-se, brevemente, a possiblidade de elaboração de um material de consulta, como um glossário de termos inglês-português, a fim de facilitar futuras pesquisas na área de modelagem do vestuário em geral.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Beatriz Albarez de Assunção, Universidade de São Paulo

Mestre em Ciências pelo Programa de Pós-Graduação de Têxtil e Moda da Universidade de São
Paulo. Pesquisadora da área de história do vestuário no Brasil no século XIX. Lattes: http://lattes.cnpq.
br/9697922969870940.

Julia Maria Percebom, Universidade de São Paulo

Mestre em Ciências pelo Programa de Pós-Graduação de Têxtil e Moda da Universidade de São
Paulo. Pesquisadora da área de modelagem para o vestuário de peças em malha. Lattes: http://lattes.cnpq.br/5199872487036289 .

Referências

ARMSTRONG, H. J. Patternmaking for fashion design. 5th ed. Pearson, 2010.

BERG, A. L. M. Técnicas de modelagem feminina: construção de bases e volumes. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2019.

BEVILACQUA, C. R.; FINATTO, M. J. B. Lexicografia e Terminografia: alguns contrapontos fundamentais. ALFA: Revista de Linguística, v. 50, n. 2, 2006. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/index.php/alfa/article/view/1410. Acesso em: 6 out. 2020.

CAVACO-CRUZ, L. Manual Prático e Fundamental de Tradução Técnica. Almada, 2012.

COLE, J. Patternmaking with stretch knit fabrics. New York: Fairchild Books, 2016.

FERNANDES, C. R. P.; MORAIS, A. C.; LIMA, D. O.; RAMALHO, P. F.; FRANÇA, R. R. Conhecendo alguns termos técnicos em inglês usados no curso de Edificações. Revista Principia, João Pessoa, n. 36, p. 91-98, 2017. Disponível em: http://periodicos.ifpb.edu.br/index.php/principia/article/download/878/706. Acesso em: 03/09/2020.

KRIEGER, M. G.; FINATTO, M. J. B. Introdução à Terminologia: teoria e prática. São Paulo: Contexto, 2004.

PORTAL DA LÍNGUA PORTUGUESA. Dicionário de termos linguísticos. Disponível em: http://www.portaldalinguaportuguesa.org/?action=terminology&act=view&id=3181. Acesso em: 6 out. 2020.

RICHARDSON, K. Designing and patternmaking for stretch fabrics. Fairchild Books, 2008.

SILVA, I. C. M. Detalhes de Vestuário Análise e Tradução de Terminologia Técnica. Dissertação de Mestrado. Porto, 2019. Disponível em: https://recipp.ipp.pt/bitstream/10400.22/15108/1/helena_silva_MTIE_2019.pdf. Acesso em: 28 ago. 2020.

Downloads

Publicado

2022-04-19

Como Citar

ASSUNÇÃO, B. A. de; PERCEBOM, J. M. Estudo sobre tradução de termos usuais da língua inglesa em manuais de modelagem do vestuário. Revista de Ensino em Artes, Moda e Design, Florianópolis, v. 6, n. 2, p. 1 - 17, 2022. DOI: 10.5965/25944630622022e0148. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/ensinarmode/article/view/20148. Acesso em: 15 ago. 2022.