Vestuário, memória e (des)construção identitária

Autores

  • Laiana Silveira Universidade Federal de Pelotas

DOI:

https://doi.org/10.5965/25944630532021024

Palavras-chave:

Vestuário, Memória, Identidade

Resumo

O presente estudo tem como objetivo analisar a ligação existente entre o campo do vestuário com o da memória, identificando como a primeira área mencionada pode agir sendo um fator, tanto construtor, quanto desconstrutor identitário. Inicialmente, são trazidos conceitos fundamentais para que seja possível discutir a temática, posteriormente, são apresentados casos que exemplifiquem o que foi abordado de forma teórico-conceitual, como peças de vestuário, atualmente, preservadas em instituições museológicas. O estudo dá-se por meio de uma revisão bibliográfica e estudo de caso. Dessa forma, concluindo que a memória e a identidade são indissociáveis, e ambas podem ser modeladas e remodeladas, assim como o vestuário modela-se ao corpo, entendeu-se, então, que há uma ligação direta entre os três conceitos aqui abordados.

Referências

ASSMANN, Aleida. Espaços da recordação: formas e transformações da memória cultural. Campinas: Unicamp, 2011.

BARTHES, Roland. Inéditos, vol. 3: imagem e moda. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

BRUNO, Maria Cristina Oliveira. Museus e pedagogia museológica: os caminhos para a administração dos indicadores da memória. In: As várias faces do patrimônio. Santa Maria: LEPA, 2006.

CANDAU, Joel. Antropologia da memória. Lisboa: Instituto Piaget, 2005.

CANDAU, Joel. Memória e identidade. 1. ed. 5. rev. São Paulo: Contexto, 2019.

IZQUIERDO, Ivan. Memórias. Revista Estudos Avançados, São Paulo, v. 33, n. 6, p. 89-112. 1989.

LEVI, Primo. É isto um homem? Rio de Janeiro: Rocco, 1988.

MEMORIAL E MUSEU AUSCHWITZ-BIRKENAU. Polônia. Disponível em: <http://auschwitz.org/>.

MERLO, Márcia; RAHME, Anna Maria. A moda e o museu: uma experiência no espaço digital. In: MERLO, Márcia (org.). Memórias e museus. São Paulo: Estação das Letras, 2015. p. 113-135.

MUSEU DA REPÚBLICA. Rio de Janeiro. Disponível em: <http://museudarepublica.museus.gov.br/>.

NACIF, Maria Cristina Volpi. O vestuário como princípio de leitura do mundo. In: XXIV SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA, 2007, São Leopoldo. Anais [...]. São Leopoldo: Associação Nacional de História, 2007, p. 1-10.

POLLAK, Michael. Memória, Esquecimento, silêncio. Revista Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 2, n. 3, p. 3-15. 1989.

STALLYBRASS, Peter. O casaco de Marx: roupa, memória, dor. Belo Horizonte: Autêntica, 2016.

Downloads

Publicado

2021-09-08

Como Citar

SILVEIRA, L. Vestuário, memória e (des)construção identitária. Revista de Ensino em Artes, Moda e Design, Florianópolis, v. 5, n. 3, p. 24 - 35, 2021. DOI: 10.5965/25944630532021024. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/ensinarmode/article/view/19600. Acesso em: 18 set. 2021.