O editorial de moda a partir da arte relacional

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/25944630512021175

Palavras-chave:

Arte relacional, Campo artístico, Fotografia de Moda

Resumo

A pesquisa estuda o editorial de moda como narrativa fotográfica e analisa os conceitos de arte relacional, comparando no tempo o posicionamento e a liberdade criativa das editorias de moda com os seus colaboradores. Cada vez mais a arte vem construindo um campo que valoriza a imagem como o lugar das experiências, no qual o espectador é convidado a ser participante da obra e a assumir a mesma importância do artista. A obra só é completa com o fruto dessa relação. Os autores estudados são Nicolas Bourriaud, Anne Cauquelin e Vilém Flusser. Faz uso da pesquisa descritiva com foco nos editoriais de moda, onde observa-se a relação das editorias, dos colaboradores e de seus espectadores. Por fim, busca-se compreender de que maneira um editorial de moda, fruto do diálogo entre a inspiração e as relações compartilhadas durante o processo artístico, pode ser considerado uma forma relacional.

Biografia do Autor

Vanilson Luis de Melo Coimbra, Centro Universitário Belas Artes de São Paulo

Centro Universitário Belas Artes - mestrando em Arquitetura, Urbanismo e Design 

Centro Universitário Belas Artes - Professor e idealizador do Curso Livre Básico Digital de Fotografia - desde 2020

Centro Universitário Belas Artes - Professor e idealizador  do Curso Livre de Fotografia e Editorial de Moda  - desde 2016

Encontros Fotográficos Práticos - Idealizador - desde 2019

Editoria Gemeco Itália – de 2013 a 2018 – editoria e colaboração de moda

Office Im  – desde 2005 – Proprietário, internacional manager

 

Jose Ronaldo Mathias, Centro Universitário Belas Artes de São Paulo.

Possui Doutorado pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP) em 2006. Mestrado pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC-SC) em 2001 e Graduação em Direito pela Presidente Antônio Carlos (UNIPAC-MG) em 1995. Coordenador da Iniciação Científica da Belas Artes e Coordenador da Extensão Universitária entre os anos de 2009 a 2011 no Centro Universitário Belas Artes de São Paulo. Pesquisador Colaborador da Universidade de São Paulo FFLCH-USP. Professor da Graduação Antropologia, Direitos Humanos e História da Arte. Coordenador da Pós em História da Arte, Arte Educação e Comunicação e Retórica. Autor do livro Antropologia e Arte (2014), Editora Claridade, e Antropologia Visual (2016), Editora Nova Alexandria. Coordenador do Curso de Comunicação Social - Publicidade Propaganda e Licenciatura em Artes. Editor da Revista Arte 21 e Revista Belas Artes..

Referências

ALBUQUERQUE, Nycolas. Estética relacional e as marcas na superfície: corpo-afeto-cidades-arte-política. In: Seminário Nacional de Pesquisa em Arte

e Cultura Visual: arquivos, memórias, afetos. 8., 2015, Goiânia. Anais [...]. Goiânia: UFG / Núcleo Editorial FAV, 2015. p. 696-704.

BOURRIAUD, Nicolas. Estética Relacional. Tradução: Denise Bottmann. São Paulo: Martins Fontes, 2009. 149 p. Disponível em: <https://www.academia.edu/37004505/Est%C3%A9tica_Relacional>. Acesso em: 15 mai. 2020.

BOURRIAUD, Nicolas. Pós-produção: Como a arte reprograma o mundo contemporâneo. Tradução: Denise Bottmann. São Paulo: Martins Fontes, 2009. 110 p.

BRANDÃO, Carlos Antônio Leite. Um homem livre, uma cidade feliz. Revista da Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, v. 20, n.1, p.36-53, 2016. Disponível em: <https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistadaufmg/article/view/2673>. Acesso em: 15 mai. 2020.

CARROLL, Henry. Leia isto se quiser tirar fotos incríveis de gente. Tradução: Edson Furmankiewicz. 1. ed. Barcelona: Editorial Gustavo Gili, 2015. 13 p.

CARROZZINI, Francesco. Franca: Chaos and Creation. Netflix, 2016.

CAUQUELIN, Anne. Arte Contemporânea: Uma introdução. Tradução: Rejane Janowitzer. 1. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2005. 169 p.

CATELLAN, Maurizio. Catalogo dei viventi 2007. Gazzetta, 2007. Disponível em: <https://www.gazzetta.it/altrimondi/catalogodeiviventi09/scheda_personaggio.shtml?lettera=c&id=265>. Acesso em: 15 mai. 2020.

CORRÊA, Amélia Siegel; OLIVEIRA, Luana Hauptman Cardoso de. A Arte Relacional e a Participação do Público: Aproximações Poéticas do Período de 1960-70 com a 27ª Bienal de São Paulo. Mediações. Londrina, v. 21, n. 2, p. 254-278, jul./dez., 2016. Disponível em: <https://www.academia.edu/43012760/A_Arte_Relacional_e_a_Participa%C3%A7%C3%A3o_do_P%C3%BAblico_Aproxima%C3%A7%C3%B5es_Po%C3%A9ticas_do_Per%C3%ADodo_de_1960-70_Com_A_27a_Bienal_de_S%C3%A3o_Paulo>. Acesso em: 15 mai. 2020.

COSTA, Aline Alves; COSTA, Edivaldo da Silva Costa; SILVA, Mirleide Andrade Silva. Conhecimento científico e senso comum: uma abordagem teórica. In: Anais do Colóquio Internacional "Educação e Contemporaneidade", 7, 2013, São Cristóvão, 7p. Disponível em: <https://ri.ufs.br/bitstream/riufs/9718/96/95.pdf>. Acesso em: 20 jun. 2020.

DAMASCENO, Julie Christie. A estética kantiana: o belo, o sublime e a arte. Intuitio, Porto Alegre, v. 8, n. 2, p. 146-158, dez., 2015. Disponível em: <http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/intuitio/article/download/18840/14206>. Acesso em: 15 mai. 2020.

DUCCI, Carlo; SCALIA, Lella. Walking by Peter Lindbergh. Vogue Itália. Milão, n. 794, p. 242, out., 2016. Disponível em: <https://www.vogue.it/en/fashion/cover-fashion-stories/2016/10/08/cover-vogue-italia-october-2016-walking/>. Acesso em: 15 mai. 2020.

ESTEVÃO, Ilca Maria. Entenda a polêmica por trás das capas da Vogue Brasil de maio e junho. Metrópoles, 2020. Disponível em: <https://www.metropoles.com/colunas-blogs/ilca-maria-estevao/entenda-a-polemica-por-tras-das-capas-da-vogue-brasil-de-maio-e-junho>. Acesso em: 25 mai. 2020.

FABBRINI, Ricardo Nascimento. Estética e transgressão: da arte radical à arte radicante. Artelogie, Paris, v. 8, [s.n.], jan. 2016. Disponível em: <https://journals.openedition.org/artelogie/593#article-593>. Acesso em: 15 mai. 2020.

FEININGER, Andreas. Una Filosofia della Fotografia. Catálogo da Exposição. Museu d'Art Espanyol Contemporani. Palma, 2008.

FINNIGAN, Kate. Franca Sozzani: ‘It's the people in fashion who make fashion ridiculous’. Telegraph, 2013. Disponível em: <http://fashion.telegraph.co.uk/news-features/TMG10143255/Franca-Sozzani-Its-the-people-in-fashion-who-make-fashion-ridiculous.html>. Acesso em: 21 de mai. 2020.

FLUSSER, Vilém. Filosofia da Caixa Preta: Ensaios para uma futura filosofia da

fotografia. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2002. 82 p.

PINHEIRO, Roberta. Fotógrafo Bob Wolfenson compartilha experiências em curso online. Correio Braziliense, 2019. Disponível em: <https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/diversao-e-arte/2019/09/21/interna_diversao_arte,783463/curso-online-bob-wolfenson.shtml>. Acesso em: 15 mai. 2020.

PRODANOV, Cleber Cristiano. Manual de metodologia científica. 3. ed. Novo Hamburgo: Feevale, 2006.

RANCIÈRE, Jacques. A partilha do sensível: Estética e política. Tradução: Mônica Costa Netto. São Paulo: EXO Experimental (org.); Editora 34, 2005. 72 p.

SANTOS, Elizangela. Sobre uma estética relacional. Leituras Contemporâneas: Narrativas do Século XXI, 2015. Disponível em: <https://leiturascontemporaneas.org/2015/12/16/sobre-uma-estetica-relacional/>. Acesso em: 15 mai. 2020.

SILVA, Marcelo de Souza. Reflexões sobre Uma e Três Cadeiras, de Joseph Kosuth. HACER - História da Arte e da Cultura: Estudos e Reflexões, Porto Alegre, 2019. Disponível em: <http://www.hacer.com.br/kosuth>. Acesso em: 15 mai. 2020.

SOBRAL, Cláudia. Peter Lindbergh. O fotógrafo que fez as supermodelos. Jornal i, 2019. Disponível em: <https://ionline.sapo.pt/artigo/670311/peter-lindbergh-o-fotografo-que-fez-as-supermodelos?seccao=Mais>. Acesso em: 15 mai. 2020.

TIBURI, Marcia. Arte Contemporânea: sobre nossa dificuldade de pensar e fazer. Revista Cult, 2012. Disponível em: <https://revistacult.uol.com.br/home/arte-contemporanea-sobre-nossa-dificuldade-de-pensar-e-fazer/?aff_source=56d95533a8284936a374e3a6da3d7996>. Acesso em: 15 mai. 2020.

TORRES, Patrícia. Franca Forever. Vogue Portugal, 2019. Disponível em: <https://www.vogue.pt/franca-forever>. Acesso em: 20 mai. 2020.

VOGUE BRASIL. In: Instagram, 2020. Disponível em: <https://www.instagram.com/p/B_nZe1FlJda/>. Acesso em: 30 abr. 2020.

VOGUE BRASIL. Pela primeira vez em mais de 100 anos da publicação, Vogue Itália publica capa em branco por conta da pandemia. In: Globo.com, 2020. Disponível em: <https://vogue.globo.com/atualidades/noticia/2020/04/pela-primeira-vez-em-mais-de-100-anos-da-publicacao-vogue-italia-publica-capa-em-branco-por-conta-da-pandemia.html>. Acesso em: 30 abr. 2020.

Downloads

Publicado

2021-02-01