Physiological alteration of swine matrices created in the climatic semiarid conditions of Minas Gerais

Authors

  • Thaís Emanuele Soares UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS
  • Cinara da Cunha Siqueira Carvalho UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS
  • Camila Maida de Albuquerque Maranhão UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS
  • Geruza Cardoso da Silva UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS
  • Thamara Amaral Diniz UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS
  • Kátia Cristiane Borges Pereira UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS
  • Maria Cecilia Magalhães Gonçalves UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS

DOI:

https://doi.org/10.5965/223811711632017302

Keywords:

environment, thermal comfort, swine farming.

Abstract

The swine breeding in the Minas Gerais semiarid has an initial characterization, but there are prospects for growth, however due to the high temperatures verified throughout the year, production is reduced. Therefore, the objective of this work was to evaluate the effect of the climatic environment on the physiological parameters of swine matrices before and after farrowing. The experiment was carried out in a representative swine breeding farm located in the region of the Gorutuba Project, in Nova Porteirinha city, MG. Six swine matrices housed in individual bays were used. The climatic variables, air temperature, relative air humidity, dew point temperature and black globe temperature were monitored through the use of two dataloggers. The physiological parameters evaluated were: body surface temperature, respiratory rate, heart rate and rectal temperature. The environmental and physiological variables were collected at 8am, 11am, 01pm, 03pm and 05pm. Data was submitted to analysis of variance, and when significant were submitted to the Tukey test at 5% probability for comparison between the means. With the data collected, it was observed that between 01pm and 05pm h and during the post-partum period, the animals were exposed to the thermal discomfort of the environment, being the responsible factor for the alteration in the respiratory rate, especially when associated with the ingestion of foods. The mean values (p<0.05) of body and rectal surface temperature were higher in the postpartum period, but did not express thermal discomfort of the swine matrices. The raising of these animals in the semiarid Minas Gerais is possible; however, it is necessary to adopt measures such as the use of ventilators and the use of curtains to minimize the animal’s caloric stress.

Author Biographies

Thaís Emanuele Soares, UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS

Atualmente é Mestranda do curso de Zootecnia da Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES. Atuando nas áreas de Ambiência e Bem-estar na Produção Animal

 

Cinara da Cunha Siqueira Carvalho, UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS

Possui graduação (2003) e mestrado em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal de Lavras (2005), doutorado (2009) e pós-doutorado em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal de Viçosa (2010). Atualmente é professora na Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES. Tem experiência na área de Engenharia Agrícola, com ênfase em Engenharia Agrícola, atuando principalmente nos seguintes temas: ambiência para a produção animal, máquinas e mecanização agrícola, tecnologia de aplicação de defensivos, ergonomia e segurança no trabalho.

Camila Maida de Albuquerque Maranhão, UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS

possui graduação, mestrado e doutorado em Zootecnia pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Em 2014 fez pós doutorado na Universidade Federal da Bahia. Atualmente é professora de Experimentação animal no curso de graduação em zootecnia e Estatística Aplicada nos cursos de Pós Graduação em Zootecnia e Pós Graduação em Produção Vegetal na Universidade Estadual de Montes Claros. Tem experiência na área de Zootecnia, atuando principalmente nos seguintes temas: Estatística Experimental e Forragicultura.

Geruza Cardoso da Silva, UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS

Atualmente é Mestranda do curso de Zootecnia da Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES. Atuando nas áreas de Ambiência e Bem-estar na Produção Animal

Thamara Amaral Diniz, UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS

Graduanda em Zootecnia pela Universidade Estadual de Montes Claros. Experiências na área de bem-estar animal

Kátia Cristiane Borges Pereira, UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS

Atualmente é Mestranda do curso de Zootecnia da Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES. Atuando nas áreas de Ambiência e Bem-estar na Produção Animal

Maria Cecilia Magalhães Gonçalves, UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS

Graduanda em Zootecnia pela Universidade Estadual de Montes Claros. Experiências na área de bem-estar animal

PARÂMETROS FISIOLÓGICOS DE MATRIZES SUÍNAS NA FASE DE MATERNIDADE DURANTE O OUTONO NO NORTE DE MINAS

Published

2017-09-25

Issue

Section

Research Article - Science of Animals and Derived Products