Teste de raios X na avaliação da qualidade de sementes de frutos de fisális em diferentes estádios de desenvolvimento

Autores

  • Joana Souza Fernandes Universidade Federal de Lavras (UFLA)
  • Daniel Fernandes da Silva Universidade Federal de Lavras (UFLA)
  • Heloisa Oliveira dos Santos Universidade Federal de Lavras
  • Édila Vilela de Resende Von Pinho

DOI:

https://doi.org/10.5965/223811711522016165

Palavras-chave:

Morfologia interna, pequenos frutos, Physalis peruviana L., vigor de sementes.

Resumo

Injúrias nas estruturas internas da semente limitam sua viabilidade e podem reduzir seu vigor, produzindo plântulas fracas e susceptíveis às condições adversas. Dessa forma, a determinação da qualidade de sementes de Physalis peruviana L. pelo teste de raios X é válida, visando a redução de tempo na separação das sementes e um bom estabelecimento inicial da cultura. Diante do exposto, objetivou-se com o presente trabalho avaliar a qualidade de sementes de fisális pelo teste de raios X em diferentes fases de desenvolvimento. As sementes foram removidas e separadas em lotes de acordo com a fase de maturação dos frutos, sendo frutos com maturação intermediária (50% do fruto maduro), frutos completamente maduros e frutos completamente maduros submetidos a sete dias de repouso após a colheita. Posteriormente foram submetidas ao teste de raios X para determinação da qualidade. O delineamento experimental constituiu-se de oito repetições de 100 sementes por lote. Sementes de fisális de frutos com 50% de maturação apresentam baixa qualidade morfofisiológica quando comparadas às sementes extraídas de frutos completamente maduros. O vigor das sementes é maior quando os frutos são submetidos ao repouso por sete dias. O teste de raios X é eficiente para seleção de sementes não viáveis de fisális.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joana Souza Fernandes, Universidade Federal de Lavras (UFLA)

Graduação em Agronomia pela Ufla, atualmente Doutoranda em Fitotecnia pela mesma instituição.

Daniel Fernandes da Silva, Universidade Federal de Lavras (UFLA)

Curso ténico em Agropecuária pelo Instituto Federal do Sul de Minas Campus Inconfidentes (2007)

Graduação em Ciência Biológicas Bacharelado pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste (2012)

Mestrado em Botânica Aplicada pela Universidade Federal de Lavras - UFLA (2014)

Atualmente é doutorando em Botânica apliacada e graduando em agronomia também pela Universidade Federal de Lavras

Possui experiência profissioonal atuando em fruticultura pela Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) por 3 anos, pela Unioeste e UFLA onde desenvolve projetos relacionados ao desenvolvimento de estruturas de frutificação, pomologia geral e qualidade de frutos.

Heloisa Oliveira dos Santos, Universidade Federal de Lavras

Professora, Doutora Universidade Fedral de Lavras

Édila Vilela de Resende Von Pinho

Professora Doutora da Universidade Federal de Lavras. Atualmente vice-reitora da mesma Instituição.

Downloads

Publicado

2016-08-15

Como Citar

FERNANDES, J. S.; SILVA, D. F. da; SANTOS, H. O. dos; VON PINHO, Édila V. de R. Teste de raios X na avaliação da qualidade de sementes de frutos de fisális em diferentes estádios de desenvolvimento. Revista de Ciências Agroveterinárias, Lages, v. 15, n. 2, p. 165-168, 2016. DOI: 10.5965/223811711522016165. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/agroveterinaria/article/view/223811711522016165. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Nota Científica

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)