Correlações entre as temperaturas da superfície corpórea e retal e os pesos médios de frangos de corte

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/223811712132022349

Palavras-chave:

ambiência, conforto térmico, metabolismo, termorregulação

Resumo

A temperatura corporal é um dos indicadores de suscetibilidade dos frangos de corte ao estresse térmico, o que pode comprometer o desempenho. Este estudo teve como objetivo avaliar as correlações entre as temperaturas superficial e retal, além do peso médio de frangos de corte avaliados em diferentes idades. Foram avaliadas as temperaturas do dorso, peito e reto das aves, além do peso médio das aves aos 7, 14, 21 e 35 dias de idade. Cem aves foram avaliadas para cada idade de avaliação, e as variáveis ​​foram submetidas à análise de correlação de Pearson. A temperatura retal apresentou correlação com a do peito quando as aves foram avaliadas aos 7 e 14 dias de idade. O peso médio correlacionou-se apenas com as temperaturas retal e do peito aos 14 e 21 dias de idade, respectivamente. As correlações entre as temperaturas foram fracas ou insignificantes na maioria das idades estudadas. Portanto, a temperatura da pele não é um parâmetro adequado para medir a temperatura de frangos de corte em comparação com a retal, de modo que o uso de termômetro infravermelho não se mostrou uma estratégia útil para estimar a temperatura interna de frangos de corte.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABREU LHP et al. 2017. Cloacal and surface temperatures of broilers subject to thermal stress. Journal of the Brazilian Association of Agricultural Engineering 37: 877-886.

ABREU LHP et al. 2019. Fuzzy model for predicting cloacal temperature of broiler chickens under thermal stress. Engenharia Agrícola 39: 18-25.

AKTER S et al. 2022. Impacts of Air Velocity Treatments under Summer Condition: Part I—Heavy Broiler’s Surface Temperature Response. Animals 12: 328.

ANDRETTA I et al. 2021. Modeling the performance of broilers under heat stress. Poultry Science 100: 101338.

BLOCH V et al. 2020 Automatic broiler temperature measuring by thermal camera. Biosystems Engineering 199: 127-134.

CÂNDIDO MGLC et al. 2020. Effects of heat stress on pullet cloacal and body temperature. Poultry Science 99: 2469-2477.

COBB-VANTRESS. 2018a. Inc. Cobb 500TM Suplemento de nutrição e desempenho do frango de corte. Cobb-Vandress.com. 14p. Disponível em: <https://www.cobb-vantress.com/assets/Cobb-Files/99b0cf062c/61bd2490-56d1-11e9-bfbd-7963ec6b06e5.pdf>. Acesso em: 18 jan. 2022.

COBB-VANTRESS. 2018b. Inc. Manual de manejo de frango de corte. Cobb-Vandress.com. Disponível em: <https://www.cobb-vantress.com/assets/Cobb-Files/df5655a7e9/Broiler-Guide-2019-POR-WEB.pdf>. Acesso em: 18 jan. 2022.

DAMANE MM et al. 2018. Evaluation of body surface temperature in broiler chickens during the rearing period based on age, air temperature and feather condition. Iranian Journal of Applied Animal Science 8: 499-504.

FERRAZ PFP et al. 2019. Spatial variability of litter temperature, relative air humidity and skin temperature of chicks in a commercial broiler house. Agronomy Research 17: 408-417.

FERREIRA RA. 2019. Maior produção com melhor ambiente para aves, suínos e bovinos. 3.ed. Viçosa: Aprenda Fácil Editora.

GILOH M et al. 2012. Skin Surface temperature of broiler chickens is correlated to body core temperature and is indicative of their thermoregulatory status. Poultry Science 91: 175-188.

GOEL A et al. 2021. Heat stress management in poultry. Animal Physiology and Animal Nutrition 105: 1136-1145.

HERBORN KA et al. 2018. Surface temperature elevated by chronic and intermittent stress. Physiology & Behavior 191: 47-55.

MARGATO NETO A et al. 2021. Termorregulação em frangos de corte. In: MEDEIROS JA et al. Produção animal e vegetal: inovações e atualidades. I Congresso Brasileiro de Produção Animal e Vegetal. Jardim do Seridó: Agron Food Academy.

MASCARENHAS NMH et al. 2018. Thermal conditioning in the broiler production: challenges and possibilities. J Anim Behav Biometeorol 6: 52-55.

NASCIMENTO ST et al. 2014. Mean surface temperature prediction models for broiler chickens – a study of sensible heat flow. International Journal of Biometeorology 8: 195-201.

SANTOS JLV et al. 2020. Avaliação dos parâmetros ambientais e fisiológicos para frangos de corte linhagem caipira em diferentes fases de criação na Amazônia Ocidental. Brazilian Journal of Development 6: 61607-61622.

TICKLE PG & CODD JR 2019. Thermoregulation in rapid growing broiler chickens is compromised by constraints on radiative and convective cooling performance. Journal of Thermal Biology: 8-14.

ZABOLI G et al. 2019. How can heat stress affect chicken meat quality? – a review. Poultry Science 98: 1551-1556.

Downloads

Publicado

2022-10-19

Como Citar

REIS, T. L.; SOUZA , C. S. .; DILELIS, F. .; SOARES, P. L. da S. .; SILVA, P. H. F. da .; CURVELLO, F. A. . Correlações entre as temperaturas da superfície corpórea e retal e os pesos médios de frangos de corte. Revista de Ciências Agroveterinárias, Lages, v. 21, n. 3, p. 349-353, 2022. DOI: 10.5965/223811712132022349. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/agroveterinaria/article/view/21946. Acesso em: 9 dez. 2022.

Edição

Seção

Nota de Pesquisa - Ciência de Animais e Produtos Derivados

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)