Contribuições para uma história do teatro nas prisões do Brasil

Autores

  • Viviane Becker Narvaes Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UFRJ)

DOI:

https://doi.org/10.5965/14145731033920200101

Palavras-chave:

Teatro e Prisão, Teatro e Encarceramento, História do teatro

Resumo

Este artigo, fruto de tese de doutorado recém defendida, apresentou aspectos históricos do teatro nas prisões do Brasil; propôs uma linha do tempo que incluiu antecedentes históricos desta modalidade de teatro e elencou experiências de teatro nas prisões brasileiras de 1937 a 2019. Na perspectiva da necessária sistematização dos estudos sobre o tema, certamente não se atingiu a totalidade das experiências de teatro em nossas prisões, mas a pesquisa realizada complementou o panorama histórico do teatro nas prisões elaborado por Concilio (2008) em sua dissertação de mestrado. Os debates do campo, bem como aspectos da relação arte e prisão no contexto nacional, numa ótica historicizada, foram abrangidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Viviane Becker Narvaes, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UFRJ)

Profa. Dra. Adjunta IV da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro e Chefe do Departamento de Ensino de Teatro. Graduação em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Mestrado em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro e Doutorado em Artes Cênicas pela Universidade de São Paulo (2020).

Referências

BALFOUR, Michael. Theatre in prison: theory and practice. Bristol: Intelect Books, 2004.

BENJAMIN, Walter. As teses sobre o conceito de História. In: Obras Escolhidas. São Paulo: Brasiliense, v. 1, p. 222-232, 1985.

BOAL, Augusto. Hamlet e o filho do padeiro: memórias imaginadas. São Paulo: Cosac Naify, 2014.

BUDASZ, Rogério. Teatro e música na América Portuguesa – ópera e teatro musical no Brasil (1700-1822): convenções, repertório, raça, gênero e poder. Curitiba: Deartes UFPR, 2008.

CONCILIO, Vicente. Teatro e Prisão: Dilemas da Liberdade Artística. São Paulo: Hucitec, 2008.

CORRÊA, Ademir. Teatro em Cadeia. Revista Ocas, São Paulo, ano 1, n. 10, p. 22 a 25, maio de 2003.

COSTA, Maria Rita Freire. A Arte como Processo de Recriação em Presídios. Catálogo do projeto. São Paulo, 1983.

ESCOBAR, Ruth. Dossiê de uma rebelião. São Paulo: Global, 1982.

FARIA, João Roberto (dir.). História do Teatro Brasileiro. Vol. I – Das origens ao teatro profissional da primeira metade do século XX. São Paulo: Perspectiva, 2012.

FICHE, Natália Ribeiro. Teatro na Prisão: trajetórias individuais e perspectivas coletivas. 2009. Dissertação (Mestrado em Artes Cênicas) UNIRIO. Rio de Janeiro. 2009.

HERITAGE, Paul. Theatre, Prisons and Citizenship: A South American Way. Practices and Perspectives in Prison Theatre. In: THOMPSON, J. Prison Theatre: Perspectives and Practices. Londres: Jessica Kingsley Publishers, 1999.

KOTSCHO, Ricardo. Paulo Freire, Frei Betto: Essa escola chamada vida. São Paulo: Editora Ática, 1988.

LUCAS, Ashley; CONCILIO, Vicente. Uma conversa sobre arte e teatro nas prisões com Ashley Lucas. Urdimento. Florianópolis, v. 2, n. 29, p. 145-156, 2017.

LUCAS, Ashley; FICHE, Natália; CONCILIO, Vicente. We Move Forward Together: A Prison Theatre Exchange Program Among Three Universities in the United States and Brazil. Prison Journal, v. 99, setembro de 2019. Disponível em: https://doi.org/10.1177%2F0032885519861061. Acesso em: 3 dez. 2019.

MAGALHÃES, Mário. Marighella, o Guerrilheiro que incendiou o mundo. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

NASCIMENTO, Abdias. Do Teatro Brasileiro: O Teatro do Sentenciado. Revista Vamos Ler! Rio de Janeiro, 4 de julho de 1946.

NASCIMENTO, Abdias. Do Teatro Brasileiro: O Teatro do Sentenciado. Revista Vamos Ler! Rio de Janeiro, 11 de julho de 1946.

PERICÁS, Luiz Bernardo. Caio Prado Júnior: uma biografia política. São Paulo: Boitempo, 2016.

RUSCHE, Robson Jesus. Teatro, gesto e atitude: investigando a prevenção das DST’s e AIDS por meio de técnicas dramáticas com um grupo de presidiários. In: II CONGRESSO INTERNACIONAL DE PEDAGOGIA SOCIAL, 2, 2008, São Paulo. Proceedings online… Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, Disponível em: http://www.proceedings.scielo.br/scielo.phpscript=sci_arttext&pid

=MSC0000000092 08000100014&lng=en&nrm=abn. Acesso em: 29 jul. 2019.

Downloads

Publicado

2020-12-23

Como Citar

NARVAES, V. B. Contribuições para uma história do teatro nas prisões do Brasil. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 3, n. 39, p. 1-29, 2020. DOI: 10.5965/14145731033920200101. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/18847. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

Dossiê temático: Artes da Cena atrás das grades