Um espaço de emergência: Herdeiras de Antígona como imantação social e política

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/14145731023820200019

Palavras-chave:

Copan, Espaço imantado, Espaço urbano, Procedimentos de Criação, Releitura de Antígona

Resumo

O presente artigo se dedica a pensar as relações entre as artes da cena e o espaço urbano a partir da intervenção Herdeiras de Antígona (2019), realizada no edifício Copan em São Paulo. A saída de emergência do prédio se dá numa escadaria à vista, e a performance apresenta este espaço como metáfora da urgência dos corpos e dos discursos das mulheres na contemporaneidade. A reflexão proposta é desenvolvida por meio da descrição e análise dessa criação à luz do conceito de espaço imantado encontrado nos escritos da artista visual Lygia Pape. Ao refletir sobre os procedimentos adotados no trabalho, evidencia-se como essa intervenção fez com que os habitantes do lugar trouxessem à tona as tensões sociais e políticas que tem marcado o Brasil desde 2016 e, sobretudo, ecoasse pautas feministas como um espaço de emergência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lígia Souza Oliveira, Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Dramaturga, pesquisadora e professora. Doutora em Artes Cênicas pela USP – Universidade de São Paulo e mestre em literatura pela Universidade Federal do Paraná. Professora de dramaturgia no curso de Produção Cênica da UFPR. Desde 2019 coordena o Núcleo de Dramaturgia do SESI Paraná. 

Francis Wilker, Universidade Federal do Ceará (UFCE)

Professor do curso de Teatro do Instituto de Cultura e Arte da Universidade Federal do Ceará. Doutor e Mestre em Teoria e Prática do Teatro pela ECA/USP. Integra o coletivo brasiliense Teatro do Concreto desde 2003. 

Referências

DIAS, Karina. Entre visão e invisão: paisagem: por uma experiência da paisagem no cotidiano. Brasília: Programa de Pós-Graduação em Arte, Universidade de Brasília, 2010.

MENESES, Ulpiano Beserra de. “A cidade como bem cultural – áreas envoltórias e outros dilemas, equívocos e alcance da preservação do patrimônio ambiental urbano”. In: Mori, V.H [et. al.] Patrimônio: atualizando o debate. São Paulo: 9.SR/Iphan, 2006. p.35-76.

OLIVEIRA, L.S e WILKER, F. Carta Herdeiras de Antígona. Disponível em www.lalettre.art.br/herdeirasdeantigona. Acesso em: 20 ago. 2020.

CATÁLOGO DE EXPOSIÇÃO

PAPE, Lygia. Espaço Imantado. Textos de Paulo Herkenhoff; Manuel J. Borja-Villel. São Paulo: Pinacoteca do Estado de São Paulo, 2012.

Downloads

Publicado

2020-09-24

Como Citar

OLIVEIRA, Lígia Souza; WILKER, Francis. Um espaço de emergência: Herdeiras de Antígona como imantação social e política. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 2, n. 38, p. 1–19, 2020. DOI: 10.5965/14145731023820200019. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/18176. Acesso em: 18 maio. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Temático - Espaços: configurações na cena brasileira e latino-americana