Entre o teatro e a performance: PROJETO bRASIL – um olhar decolonial

Autores

  • Elisa Belém

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573103302017024

Resumo

O teórico Walter Mignolo, à frente dos estudos decoloniais, nota o entendimento das ações afetivas como produtoras de conhecimento. Tal dado mostra-se muito importante no estudo das artes cênicas, já que essas lidam com a formação da subjetividade e com a produção de conhecimento pela via das ações afetivas, por meio do corpo. Esse cabedal teórico pode contribuir bastante para a discussão sobre a encenação contemporânea no Brasil. Pretende-se assim, refletir sobre o espetáculo PROJETO bRASIL, da Companhia Brasileira de Teatro, com direção de Márcio Abreu. 

Biografia do Autor

Elisa Belém

Pós-Doutorado em Artes da Cena no PPG em Artes da Cena, IA/UNICAMP (2015/16), com o suporte da bolsa PNPD/CAPES. Pós-Doutorado em Artes no PPG em Artes da EBA-UFMG (2014/15, com o suporte da bolsa PMPD da FAPEMIG. Doutora em Artes da Cena, Instituto de Artes da UNICAMP, com o suporte da bolsa regular e da bolsa de estágio de pesquisa no exterior da FAPESP. Mestre em Teatro (Estudos da Performance), Royal Holloway, University of London, com o suporte da bolsa do Programa ALBAN.

Downloads

Publicado

2017-12-18

Como Citar

Belém, E. (2017). Entre o teatro e a performance: PROJETO bRASIL – um olhar decolonial. Urdimento - Revista De Estudos Em Artes Cênicas, 3(30), 024-035. https://doi.org/10.5965/1414573103302017024

Edição

Seção

Fluxo Continuo