Quando as flores caem: O teatro lambe-lambe e a iluminação cênica como modelos de criação desierárquica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573101372020312

Palavras-chave:

Iluminação cênica, Teatro Lambe-Lambe, Teatro de Sombras, Desierarquização

Resumo

Através da análise da concepção do espetáculo de teatro lambe-lambe Quando as Flores Caem apresento o meu estudo de iluminação cênica no teatro de sombras em escala reduzida, com a perspectiva da desierarquização dos elementos cênicos através de uma relação de equilíbrio na criação. A desierarquização é o movimento ou a ação de quebrar com as hierarquias, para que os elementos cênicos assumam um lugar de igualdade, com o mesmo valor hierárquico, de modo que, consequentemente, a criação se dá de forma integrada. Entre o processo e o espetáculo, apresento aqui um breve estudo de caso para o teatro lambe-lambe e a iluminação cênica.


 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniele Rocha Viola, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

É atriz-performer, iluminadora, mascareira-sombrista, pesquisadora em teatro de animação. Bacharela em Educação Física pela Universidade de São Paulo (USP) e em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Atualmente é mestranda pelo Programa de Pós Graduação em Teatro da Universidade do Estado de Santa Catarina (PPGT-UDESC) com pesquisa em máscaras e iluminação cênica. 

Referências

BELTRAME, Valmor; ARRUDA, Kátia de. TEATRO LAMBE-LAMBE: O MENOR ESPETÁCULO DO MUNDO. 2008. Cidade: Florianópolis. Disponível em: <http://www1.udesc.br/arquivos/portal_antigo/Seminario18/18SIC/PDF/041_Valmor_Beltrame.pdf>. Acesso em: 16/09/2019.

LUCIANI, Nadia Moroz. Iluminação Cênica: Uma Experiência de Ensino Fundamentada nos Princípios do Design. 2014. 219 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Teatro, Centro de Artes, Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2014.

MELLO, A. G.; FERNANDES, F.B.M. Guia Básico de Orientações sobre Gênero, Deficiência e Acessibilidade no Seminário Internacional Fazendo Gênero 10. Florianópolis, 2013, 34p. Cartilha da Comissão de Acessibilidade do Seminário Internacional Fazendo Gênero 10 - Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Disponível em: <http://generoeciencias.paginas.ufsc.br/files/2013/09/cartilha-on-line-final.pdf>. Acesso em 10/10/2019.

OSTROWER, Fayga. Universos da Arte. 22ª Edição. Rio de Janeiro: Editora Campus, 1983. 358 p.

RIBEIRO, Almir. A Utopia de um Teatro Intercultural e Ecológico. Revista Lamparina. EBA/UFMG. Belo Horizonte. v.2. n.10. p 11-23, 2017.

SILVA, Pedro Luiz Cobra. O Teatro Lambe-Lambe: Sua história e poesia do pequeno. 2017. 52 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Curso Teorias e Práticas do Teatro Contemporâneo, Curso Teorias e Práticas do Teatro Contemporâneo, Université Charles de Gaulle, Lille, 2017. Disponível em: <https://lambendoomundo.files.wordpress.com/2018/09/o-teatro-lambe-lambe-sua-histc3b3ria-e-poesia-do-pequeno.pdf>. Acesso em: 28/08/2019.

Indicações de leituras específicas para Teatro Lambe-Lambe

DE MÃOS HÁBEIS A OLHOS ÁVIDOS: Revista de Teatro Lambe-Lambe. Ribeirão Preto: Teatro de Caixeiros, v. 1, 2018.

REVISTA ANIMA. Belo Horizonte: Grupo Girino Teatro de Animação, v. 7, 2012-2018. Anual. Disponível em: <https://festim.art.br/anima/>. Acesso em: 16 fev. 2020.

REVISTA LAMBE-LAMBE. Itajaí: Cia. Andante Produções Artísticas, v. 3, 2010. 3 Edições: 2010, 2011 e 2016. Disponível em: <https://www.cia-andante.com.br/revista-lambe-lambe>. Acesso em: 16 fev. 2020.

Downloads

Publicado

2020-04-17

Como Citar

VIOLA, D. R. Quando as flores caem: O teatro lambe-lambe e a iluminação cênica como modelos de criação desierárquica. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 37, p. 312-326, 2020. DOI: 10.5965/1414573101372020312. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573101372020312. Acesso em: 19 ago. 2022.