O percurso contínuo do processo criativo da luz

Autores

  • Jociel Carvalho Teixeira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará. (IFCE) Mestrando em Artes
  • Fernando Lira Xímenes Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573101312018130

Resumo

Este artigo propõe um olhar reflexivo da iluminação cênica como uma linguagem artística que compõe a cena e que está inserida em um processo criativo contínuo e evolutivo. Partindo do pensamento de Salles (2016) sobre a construção da obra de arte, relacionando aos conceitos de Camargo (2015) e de outras vivências como as de Vasquez (2015), aliando à prática do trabalho profissional do iluminador. Desta forma, o objetivo desse artigo é repensar e questionar sobre a forma que a luz é pensada, executada e inserida, através da análise da prática de criação e a execução da iluminação, destacando algumas experiências com a operação de luz no trabalho Máquina Fatzer – Diga que Você Está de Acordo (2014). 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jociel Carvalho Teixeira, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará. (IFCE) Mestrando em Artes

Ciel Carvalho Iluminador e Cenotécnico, DRT 1306/082-CE.  Mestrando em Artes pelo IFCE, com a pesquisa “Haja Luz: Conceito e Dramaturgia no processo de criação luminotécnica de palco.” Iluminador e proprietário na empresa Significativa Iluminações. Professor de Iluminação, tendo formado alunos pelo IATEC em Fortaleza e Sobral; participou de Diversos Festivais de Teatro e Dança, Nacionais e Internacionais como: Festival de Teatro de Havana (Cuba), Circulação Nacional do Palco Giratório do SESC, Bienal Internacional de Dança do Ceará, Festival Internacional de Teatro de Curitiba, FILO, FENTEP, TIC, Trema (Recife) Filte (Salvador), entre outros

Fernando Lira Xímenes, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE

É doutor em artes cênicas pela UFBA (2008). Possui graduação em Comunicação Social pela Universidade Federal do Ceará (1999), graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Ceará (1985), mestrado em Engenharia Elétrica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1989) e mestrado em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2003). Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Dramaturgia, atuando principalmente nos seguintes temas: teatro infantil, peça teatral e comédias. Foi contemplado quatro vezes (2005, 2008 e 2010, 2012) com o programa BNB de Cultura para produção e publicação de textos drmaturgicos de sua autoria. Atualmente, ensina no Curso de Licenciatura em Artes Cênicas do IFCE (Intituto Federal d Ciência e E ducação do Ceará) e é Coodenador do Grupo de Pesquisa Comicidade, Riso e Experimentos (CRISE) na mesma instituição.

Downloads

Publicado

2018-04-23

Como Citar

TEIXEIRA, J. C.; XÍMENES, F. L. O percurso contínuo do processo criativo da luz. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 31, p. 130-139, 2018. DOI: 10.5965/1414573101312018130. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573101312018130. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Temático: A luz em cena: criação e estética -