A luz cênica como visão espiritual: Gordon Craig e o design por símbolos

Autores

  • Alberto Luiz Morgado Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, SC http://orcid.org/0000-0001-7906-6800
  • Paulo César Balardim Borges Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, SC

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573101312018007

Resumo

O seguinte trabalho investiga a concepção de iluminação cênica de Gordon Craig e sua influência na cena contemporânea. Para tanto, são levadas  em consideração as sombras como forma de expressão, a influência de Richard Wagner e o pós-impressionismo. Por fim, analisamos a produção de Dido and Aeneas, marco da iluminação cênica moderna.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alberto Luiz Morgado, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, SC

Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), no Programa PPGT, sob orientação do prof. Paulo Balardim. 

 

Paulo César Balardim Borges, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, SC

Professor Adjunto na área de Prática Teatral - Teatro de Animação, no Departamento de Artes Cênicas e no Programa de Pós-Graduação em Teatro do Centro de Artes - CEART da Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC. Doutor em Artes Cênicas (PPGT / UDESC), Mestre em Artes Cênicas (PPGAC / UFRGS), licenciado em Letras - Língua Portuguesa e Literatura Brasileira (ULBRA) Diretor, ator e cenógrafo da companhia teatral Caixa do Elefante Teatro de Bonecos (1991-2016). Foi Presidente da AGTB - Associaçao Gaúcha de Teatro de Bonecos nos anos de 2002 e 2003. Experiência na área de Artes, com ênfase em Teatro, atuando principalmente nos seguintes temas: artes cênicas, comunicação, programas televisivos e Teatro de Animação.

Downloads

Publicado

2018-04-23

Como Citar

MORGADO, A. L.; BORGES, P. C. B. A luz cênica como visão espiritual: Gordon Craig e o design por símbolos. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 31, p. 007-019, 2018. DOI: 10.5965/1414573101312018007. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573101312018007. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Temático: A luz em cena: criação e estética -