Pego de surpresa: Improvisação na dança e na mente

Autores

  • Susan Leigh Foster Universidade da Califórnia, Los Angeles (UCLA)
  • Tradutor: Pedro Rodrigo Penuela Sanches Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, SP

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573101282017323

Resumo

Tradução de texto da pesquisadora e artista da dança norte-americana Susan Leigh Foster, originalmente formulado como uma conferência dançada (apresentada em 1994) e mais tarde publicado no volume Taken by surprise: A Dance Improvisation Reader (2003), organizado por Ann Cooper Albright e David Gere.

O texto organiza-se em “manifestos”, que abordam diferentes camadas e aspectos da improvisação em dança, discutindo suas implicações para as teorias e discussões a respeito dos agenciamentos entre corpo e sujeito, das maneiras hegemônicas de se fazer história, das relações possíveis entre conhecido e desconhecido, entre outros aspectos fundamentais para a reflexão sobre corporeidade, dança, cena, em seus entrelaçamentos com questões filósoficas e políticas.

Biografia do Autor

Susan Leigh Foster, Universidade da Califórnia, Los Angeles (UCLA)

Coreógrafa, dançaria e estudiosa. Professora da Universidade da Califórnia, Los Angeles (UCLA), no Departamento de Artes e Culturas do Mundo/Dança (USA). Desenvolve pesquisas nas áreas: história e teoria da dança, análise coreográfica e corporeidade.

Tradutor: Pedro Rodrigo Penuela Sanches, Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, SP

Artista e pesquisador da dança, doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (PPGAC - ECA -USP), com bolsa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)

Downloads

Publicado

2017-07-29

Como Citar

Foster, S. L., & Penuela Sanches, T. P. R. (2017). Pego de surpresa: Improvisação na dança e na mente. Urdimento - Revista De Estudos Em Artes Cênicas, 1(28), 323-332. https://doi.org/10.5965/1414573101282017323