Pensamento e ação política no teatro negro da “Companhia dos Comuns”

Autores

  • Maria Andrea Santos Soares University of Texas at Austin

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573101262016199

Resumo

Este trabalho discute negritude, engajamento político e produção teatral a partir de alguns aspectos do trabalho artístico realizado pelo grupo carioca Companhia dos Comuns. O artigo discute o valor das práticas teatrais na constituição dos pertencimentos  étnico-raciais e na  reflexão acerca da posicionalidade do sujeito negro no mundo. O objetivo desta abordagem visa pensar sobre os efeitos que a experiência de uma criação teatral crítica e reflexiva  tem enquanto uma ferramenta de de reinvenção dos sujeitos políticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Andrea Santos Soares, University of Texas at Austin

Graduação em Educação Artístiica- artes Cências pela UFSM. Mestrado em Antropologia Social pela UFRGS e doutorado em Antropologia Social pela University of Texas at Austin.

Downloads

Publicado

2016-07-31

Como Citar

SANTOS SOARES, M. A. Pensamento e ação política no teatro negro da “Companhia dos Comuns”. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 26, p. 199 - 217, 2016. DOI: 10.5965/1414573101262016199. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573101262016199. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Temático: Desafios do teatro político