CARACTERÍSTICAS DAS PESQUISAS COM APLICAÇÃO DE MODELOS DE PREVISÃO DE INSOLVÊNCIA

UM ESTUDO BIBLIOMÉTRICO NO CONTEXTO BRASILEIRO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2316419010152021061

Palavras-chave:

Bibliometria, Falência, Inadimplência, Indicadores, Solvência

Resumo

O estudo tem por objetivo analisar as características da pesquisa realizada acerca dos modelos de previsão de insolvência no contexto brasileiro, a partir de um fragmento da literatura. Para tanto, foi constituído um Portfólio Bibliográfico (PB) com base em uma busca na base de dados SPELL, por meio do termo modelos de previsão de insolvência, resultando em 18 artigos para análise de variáveis básicas e avançadas. Os resultados da pesquisa evidenciam muitos pesquisadores se interessam pelo tema, assim como vários periódicos no país, porém são poucos os estudos em rede e entre autores de diferentes instituições de ensino superior. Ainda, com base nos estudos identificados no PB, verifica-se que os modelos de previsão de insolvência mais utilizados são Elisabetsky (1976); Matias (1976); Kanitz (1978); Altman, Baidya e Dias (1979); Silva (1982); e, Sanvicente e Minardi (1998). Conclui-se que apesar do tema da pesquisa não ser novo, ainda há espaço para expansão, devendo ser observados os estudos anteriores e sua evolução. Espera-se que os achados contribuam com os pesquisadores da área e possibilite fomentar a aplicação dos modelos de previsão de insolvência nas empresas.

Referências

ALTMAN, E. I. Financial ratios, discriminant analysis and the prediction of corporation bankruptcy. Journal of Finance, v. 23, n. 4, p. 589-609, 1968.

ALTMAN, E. I.; BAYDIA, T. K. N.; DIAS, L. M. R. Previsão de problemas financeiros em empresas. Revista de Administração de Empresas, v. 19, p. 17-28, 1979.

ANDRADE, J. P.; LUCENA, W. G. L. Análise de desempenho dos modelos de previsão de insolvência e a implementação das Normas Internacionais de Contabilidade. Revista Ciências Administrativas ou Journal of Administrative Sciences, v. 24, n. 2, 2018.

ASSAF NETO, A. Estrutura e Análise de Balanços: Um Enfoque Econômico Financeiro. 10. ed. São Paulo, SP: Atlas, 2012.

BIROLO, P. B.; CITTADIN, A.; RITTA, C. O. Análise de crédito por meio de modelos de previsão de insolvência: um estudo de caso na Empresa Cerâmica Alfa SA. Revista Catarinense da Ciência Contábil, v. 10, n. 29, p. 27-39, 2011.

BRESSAN, V. G. F.; BRAGA, M. J.; BRESSAN, A. A. Análise do risco de insolvência pelo modelo de Cox: uma aplicação prática. Revista de Administração de Empresas, v. 44, n. SPE, p. 83-96, 2004.

CARVALHO, A. J. D.; PIERRI JUNIOR, M. A.; LUNKES, R. J.; GASPARETTO, V. Contabilidade Gerencial: Um estudo bibliográfico nas principais revistas internacionais de contabilidade. Sociedade, Contabilidade e Gestão, v. 11, n. 2, 2016.

CASA NOVA, S. P. C. Quanto pior, melhor: Estudo da utilização da análise por envoltória de dados em modelos de análise de inadimplência/insolvência de empresas. Revista Contemporânea de Contabilidade, v. 10, n. 19, p. 71-96, 2013.

CASTRO, C. M. A prática da pesquisa. São Paulo: McGraw-Hill do Brasil, 1977.

CONTADOR, C. R. Insolvência de empresas e política macroecônomica. Revista de Administração, v. 20, n. 2, p. 15-27, 1985.

ELISABETSKY, R. Um modelo matemático para decisões de crédito no banco comercial. 190 fls. Dissertação (Mestrado) – Escola Politécnica, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1976.

GIMENES, R. M. T.; URIBE-OPAZO, M. A. Modelos multivariantes para a previsão de insolvência em cooperativas agropecuárias: Uma comparação entre a análise discriminante e de probabilidade condicional-Logit. Contabilidade Vista & Revista, v. 14, n. 3, p. 45-64, 2003.

IUDÍCIBUS, S. Análise de balanços (rev. e atual.). São Paulo: Atlas, 2017.

KANITZ, S. C. Como prever falências. São Paulo: McGraw-Hill, 1978.

KASSAI, J. R.; KASSAI, S. Desvendando o termômetro de insolvência de Kanitz. Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração,1998, Foz do Iguaçu. Anais...Foz do Iguaçu, PR, Brasil,1998.

KAVESKI, I. D. S.; HEIN, N.; KROENKE, A. Grau de relacionamento entre o ranking de indicadores de mercado de capitais e o ranking de indicadores econômico-financeiros de empresas brasileiras - um estudo multicriterial por meio do método Vikor. REAVI-Revista Eletrônica do Alto Vale do Itajaí, v. 4, n. 5, p. 50-64, 2015.

KRAUTER, E.; SOUSA, A. F.; LUPORINI, C. E. M. Uma contribuição para a previsão de solvência das empresas. Seminário de Administração FEA-USP, 2005, São Paulo. Anais... São Paulo, SP, Brasil, 2005.

KREMER, A.; LUZ, M. B. L.; SUAVE, R.; LUNKES, R. J. Pesquisa científica em contabilidade gerencial: um estudo em periódicos de negócios. Revista de Contabilidade da UFBA, v. 8, n. 1, p. 54-69, 2014.

LYRA, M. G.; GOMES, R. C.; JACOVINE, L. A. G. O papel dos stakeholders na sustentabilidade da empresa: contribuições para construção de um modelo de análise. Revista de Administração Contemporânea, v. 13, n. SPE, p. 39-52, 2009.

MÁRIO, P. C.; CARDOSO, R. L.; MARTINS, V. A.; MARTINS, E. Insolvência, regulação e valor de liquidação no mercado de seguros brasileiro. Contabilidade Vista & Revista, v. 17, n. 4, p.73-95, 2006.

MARION, J. C. Análise das demonstrações contábeis: contabilidade empresarial. 8. ed. São Paulo: Atlas, 2019.

MARTINS, M. S.; GALLI, O. C. A previsão de insolvência pelo modelo cox: uma aplicação para a análise de risco de companhias abertas brasileira. REAd-Revista Eletrônica de Administração, v. 13, n. 1, p. 231-248, 2007.

MATARAZZO, D. C. Análise financeira de balanços: abordagem básica e gerencial. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

MATIAS, A. B. Indicadores contábeis e financeiros de previsão de insolvência: a experiência da pequena e média empresa, 1976. Tese de Livre Docência, São Paulo, SP: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo.

NASCIMENTO, S.; PEREIRA, A. M.; HOELTGEBAUM, M. Aplicação dos modelos de previsão de insolvências nas grandes empresas aéreas brasileiras. Revista de contabilidade do mestrado em Ciências contábeis da UERJ, v. 15, n. 1, p. 40-51, 2011.

OHLSON, J. A. Financial ratios and the probabilistic prediction of bankruptcy. Journal of Accounting Research. v. 18, n. 1, p.109-131, 1980.

ONUSIC, L. M.; CASA NOVA, S. P. C.; ALMEIDA, F. C. Modelos de previsão de insolvência utilizando a análise por envoltória de dados: aplicação a empresas brasileiras. Revista de Administração Contemporânea, v. 11, n. SPE2, p. 77-97, 2007.

PEREIRA, V. S.; MARTINS, V. F. Estudos de previsão de falências - uma revisão das publicações internacionais e brasileiras de 1930 a 2015. Revista Contemporânea de Contabilidade, v. 12, n. 26, p. 163-196, 2015.

PINHEIRO, L. E. T.; SANTOS, C. P.; COLAUTO, R. D.; PINHEIRO, J. L. (2007). Validação de modelos brasileiro de previsão de insolvência. Contabilidade Vista & Revista, v. 18, n 4, p. 83-103, 2007

REZENDE, I. C. C.; FARIAS, T. X. T.; OLIVEIRA, A. S. Aplicação dos modelos de Elizabetsky e Kanitz na previsão de falência: um estudo descritivo das melhores e maiores empresas por setor listadas na Revista Exame em 2010. Revista Mineira de Contabilidade, v. 3, n. 51, p. 35-42, 2015.

RIBEIRO, H. C. M.; COSTA, B. K. Brazilian Administration Review: uma análise do perfil da produção acadêmica científica no período de 2004 a 2012 sob a ótica da rede social e da bibliometria. Revista de Ciências da Administração, v. 15, n. 37, p. 65-81, 2013.

SABADIN, A. L. Análise de indicadores contábeis para avaliação de desempenho favorável: um estudo nas cooperativas do Estado do Paraná. 2006. 253 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) – Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, Universidade Regional de Blumenau, Blumenau. 2006.

SANTOS, J. O. Análise comparativa de métodos para previsão de insolvência em uma carteira de crédito bancário de empresas de médio porte. REGE Revista de Gestão, v. 15, n. 3, p. 11-24, 2008.

SANVICENTE, A. Z.; MINARDI, A.M. A. F. Identificação de indicadores contábeis significativos para previsão de concordata de empresas. São Paulo: Finance Lab Working Papers, Ibmec Business School. 1998.

SCALZER, R. S.; RODRIGUES, A.; MACEDO, M. Á. S. Insolvência empresarial: um estudo sobre as distribuidoras de energia elétrica brasileiras. Revista Contemporânea de Contabilidade, v. 12, n. 27, p. 27-60, 2015.

SCARPEL, R. A. Previsão de insolvência de empresas utilizando support vector machine. Revista de Economia e Administração, v. 7, n. 3, 2008.

SILVA, P. Z. P.; GARCIA, I. A. S.; LUCENA, W. G. L.; PAULO, E. A Teoria da Sinalização e a Recuperação Judicial: um estudo nas empresas de capital aberto listadas na BM&Fbovespa. Desenvolvimento em Questão, v. 16, n. 42, p. 553-584, 2018.

SILVA, J. O.; WIENHAGE, P.; SOUZA, R. P. S.; LYRA, R. L. W. C.; BEZERRA, F. A. Capacidad Predictiva de Modelos de Insolvência con Base en Números Contables y Datos Descriptivos. Revista de Educação e Pesquisa em contabilidade, v. 6, n. 3, p. 246-261, 2012.

SILVA, J. P. Modelos para classificação de empresas com vistas à concessão de crédito. Dissertação (Mestrado em Administração) - Escola de Administração de Empresas de São Paulo, Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, EAESP-FGV. 1982.

SOARES, C. S.; MACHADO, T. A.; SCHUMACHER, L. I. Aplicação de modelos de previsão de insolvência em empresas em situação de risco. Revista Contabilidade e Informação, v. 13, n 33, p. 31-41, 2010.

TROACĂ, Victor et al. Models for analyzing the business solvency under economic crisis conditions. Journal of Knowledge Management, Economics and Information Technology, v. 3, n. 6, p. 1-27, 2013.

ZANOTI, L. A. R.; ZANOTI, A. L. D. A preservação da empresa sob o enfoque da nova lei de falência e de recuperação de empresas. Jus Navigandi, Teresina, v. 11, 2007.

Downloads

Publicado

2021-08-31 — Atualizado em 2021-09-01

Versões

Edição

Seção

Artigos