O viajante e o pesquisador

Autores

  • Paulo Henrique Torres Valgas UDESC/ IFC

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175234608162016123

Palavras-chave:

viagem , viajante ]cidade, pesquisa, tese

Resumo

Este artigo trata da trajetória da pes- quisa acadêmica sendo abordada como uma metáfora da viagem e do viajante. Enquanto realiza-se uma análise da tese da professora Sandra Makowiecky e da sua própria pesquisa, pensa-se também nos relatos de Marguerite Duras e outros pesquisadores cujos textos encontram- se no livro “A bússola do escrever”. Os mesmos artistas selecionados para a tese de Makowiecky são tratados aqui como referências às próprias experiências de construção de uma tese/dissertação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Henrique Torres Valgas, UDESC/ IFC

Mora em Ibirama,  graduado em História especialista em História da Arte, ambos pela Unisul. Cursa mestrado em Artes Visuais, orientação de Sandra Makowiecky e é professor do Instituto Federal Catarinense.

Referências

ALVES-MAZZOTTI, Alda Judith. A “revisão da bibliografia” em teses e dissertações: meus tipos inesquecíveis- o retorno. In: BIANCHETTI, L. MACHADO, A.M.N. (orgs.) A bússola do escrever. Florianópolis: Ed. Cortez & Ed. da UFSC, 2006.

DURAS, Marguerite. Escrever. Trad. Rubens Figueiredo. São Paulo: Editora Rocco, 1994.

FILGUEIRAS, Amauri V. O Tempo de Salomão. O Eclesiastes e a Sociedade Contem- porânea. Uma visão a respeito dos tempos no Cronos, Kairós e Aion. Revista Pandora Brasil, n. 69, dez- 2015. Disponível em: http://revistapandorabrasil.com/revista_pan- dora/kronos_kairos_69/amauri.pdf Acesso em 26 jun 2016.

FREITAS, Maria Ester de. Viver a tese é preciso! IN: In: BIANCHETTI, L. MACHADO,

A.M.N. (orgs.) A bússola do escrever. Florianópolis: Ed. Cortez & Ed. da UFSC, 2006.

MAKOWIECKY, Sandra. A representação da cidade de Florianópolis na visão dos artis- tas plásticos. Florianópolis: DIOESC, 2012.

Downloads

Publicado

2016-10-10

Como Citar

TORRES VALGAS, Paulo Henrique. O viajante e o pesquisador. Palíndromo, Florianópolis, v. 8, n. 16, p. 123–135, 2016. DOI: 10.5965/2175234608162016123. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/palindromo/article/view/8283. Acesso em: 17 jun. 2024.

Edição

Seção

Dossiê