Notas breves sobre a restituição da memória espacial através do desenho

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175234613302021098

Palavras-chave:

Artista Iconógrafa, Desenho, Tempo

Resumo

Nesse artigo mostro desenhos nos quais o sentido inicial foi restituir a memória espacial a partir de um conjunto iconográfico de fotografias de viagens, de imagens guardadas em pastas bem como de cartões postais. Esse trabalho aconteceu durante o período de março a dezembro do ano de 2020. O artigo afirma que as imagens podem se materializar em montagens rítmicas e sensíveis, sendo por isso, dialéticas. Sensíveis no sentido artístico, em sua maneira desejosa de expressar uma fenomenologia da imagem ativa e dialéticas como fenômeno rítmico, que se produz em um determinado momento histórico ou biográfico e que demonstra inteligibilidade antropológica, memorial, conflitual e gestual.

Biografia do Autor

Patricia Dias Franca-Huchet, Universidade Federal de Minas GeraisEscola de Belas ArtesArtes VisuaisProgra de Pós Graduação em Artes da UFMG

Patricia Franca-Huchet é Doutora e Mestre pela Université de Paris I/Panthéon-Sorbonne. Graduação pela Université de Paris III. Pesquisadora Artista e Professora Titular da Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Belas Artes. A convite dos Professores Walter Zanini e Júlio Plaza foi professora da ECA-USP. Coordena o atuante grupo de pesquisa Bureau de Estudos sobre a Imagem e o Tempo. Tem inúmeras publicações e exposições no Brasil, França, Espanha Canadá e Alemanha.

Referências

BETHONICO, Marina Romagnoli. Image-fiction Image-Action: mise en jeu de la photographie contemporaine entre théories des mondes possibles et théorie des actes d'image. 2019. Tese (Doutorado em Études Cinématographiques et Audiovisuelles) - Université de Paris III - Sorbonne Nouvelle, sob a direção de Philippe Duboi, Paris, 2019.

BLOCH, Ernest. Héritage de ce temps. Paris: Ed. Klincksieck, 2017.

BLOCH, Ernst. O Princípio da Esperança. Rio de Janeiro: Contraponto, 2005.

BREDEKAMP, Horst. Teoria do Acto Icônico. Lisboa: KKYM, 2015.

CAILLET, Aline. Le re-enactement: refaire, rejouer ou répéter l'histoire. Marges: revue d'art contemporain, Paris, n° 17, 2013. Disponível em : https://journals.openedition.org/marges/153. Acesso em: 17 ago. 2020.

G1MT. Veado é encontrado morto em área devastada pelo fogo no Pantanal e bombeiro se emociona: 'Chorei quando vi'. Jornal O Globo, 17 ago. 2020, Região Centro-Oeste, Mato Grosso. Disponível em : https://g1.globo.com/mt/mato-grosso/noticia/2020/08/17/veado-e-encontrado-morto-em-area-devastada-pelo-fogo-no-pantanal-e-bombeiro-se-emociona-chorei-quando-vi.ghtml. Acesso em: 17 ago. 2020.

HUYSSEN, Andreas. Culturas do passado-presente. Modernismos, artes visuais, políticas da memória. Rio de Janeiro: Contraponto, 2014.

MANN, Thomas. Doutor Faustus. A vida do compositor alemão Adrien Leverkühn narrada por um amigo. São Paulo: Companhia das Letras, 2015.

Downloads

Publicado

2021-05-01

Como Citar

FRANCA-HUCHET, P. D. Notas breves sobre a restituição da memória espacial através do desenho. Palíndromo, Florianópolis, v. 13, n. 30, p. 98-108, 2021. DOI: 10.5965/2175234613302021098. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/palindromo/article/view/19499. Acesso em: 29 jul. 2021.