Ensaio para dias difíceis

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175234613292021213

Palavras-chave:

fotografia, fotoperformance, série, retrato, estúdio

Resumo

Ensaio fotográfico que parte de elementos icônicos da rotina de um voo tomando-os como simbólicos para tratar da urgência de encontrar caminhos para sair de determinadas situações. Entendendo o ensaio como tentativa, teste, experimento, a fotografia aqui se apresenta como instrução de segurança: para levantar-se de quedas, para sair de alguma situação, para ir longe. O retrato figura como imagem-categoria que trata do sujeito em seus sentimentos partilhados. A fotografia como a lembrança de que a resposta está em você. É sobre buscar formas de se reelaborar. Este trabalho faz parte do projeto de pesquisa intitulado “A materialidade da imagem e os processos artísticos contemporâneos”, contemplado pela Chamada Universal MCTI/CNPq Nº 01/2016 realizado pelo Grupo de Pesquisa Arte Hibrida na Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Biografia do Autor

Renata Voss Chagas, Escola de Belas Artes / Universidade Federal da Bahia

Renata Voss é artista visual, professora de fotografia da Escola de Belas Artes da UFBA, mestre e doutora em Artes Visuais pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Desenvolve trabalhos autorais desde 2004 e tem interesse por processos alternativos em fotografia bem como na investigação dos diversos suportes que a fotografia pode assumir.

 

Referências

COTTON, Charlotte. A fotografia como arte contemporânea. Tradução Maria Silvia Mourão Netto. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2010.

ENTLER, Ronaldo. Um lugar chamado fotografia, uma postura chamada contemporânea. In: A INVENÇÃO DE UM MUNDO. ENTLER, Ronaldo; TISSERON, Sérgio. Et al. São Paulo: Itaú Cultural, 2009.

ROUILLÉ, André. A fotografia: entre documento e arte contemporânea. Tradução: Constancia Egrejas. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2009.

Downloads

Publicado

2021-01-01