Apropriações da literatura na pesquisa em educação musical:

algumas questões

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2525530407012022e0202

Palavras-chave:

Pesquisa em educação musical, Teoria científica, Epistemologia

Resumo

Este texto, de natureza ensaística, discute a pesquisa em educação musical com foco em questões relativas às formas de apropriação da literatura especializada nos trabalhos. A partir de uma discussão inicial sobre a noção de teoria científica e seu valor acadêmico, discorre  também sobre a questão da coerência epistemológica como um dado importante
para a confiabilidade da pesquisa. Problematizando o estatuto das diversas fontes bibliográficas mobilizadas em um trabalho investigativo, propõe um modo de organização desse material que permita que as diferentes funções dos diferentes textos usados fiquem explicitadas inclusive no modo de escrita. Sem nenhuma intenção de fornecer um modelo como o melhor, muito menos fechar a questão, acredita-se, porém, que uma preocupação com as questões aqui abordadas poderá qualificar as pesquisas e avaliações de pesquisas na área.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Silvia Cordeiro Nassif, Universidade Estadual de Campinas

Livre-docente na área de Licenciatura/Artes, doutora em Educação, graduada em Letras e Música, todos pela UNICAMP. Atualmente é docente do Departamento de Música do Instituto de Artes da UNICAMP, atuando o curso de Licenciatura em Música e no Programa de Pós-Graduação em Música dessa instituição. Coordenadora do Grupo de Pesquisa Música, Linguagem e Cultura (MUSILINC/CNPq), desenvolve pesquisas em educação musical na sua interface com a linguagem, a cultura e o desenvolvimento humano.

Referências

ALVES-MAZZOTTI, Alda Judith. Relevância e aplicabilidade da pesquisa em educação. Cadernos de Pesquisa, n. 113, p. 39-50, 2001.

CHIZZOTTI, Antonio. Pesquisa em ciências humanas e sociais. São Paulo: Cortez, 1991.

DEL-BEN, Luciana. A pesquisa em educação musical no Brasil: breve trajetória e desafios futuros. PER MUSI: Revista de performance musical, Belo Horizonte, v. 7, p. 76-82, 2003.

DEL-BEN, Luciana. (Para) Pensar a pesquisa em educação musical. Revista da ABEM, Porto Alegre, n. 24, p. 25-33, 2010.

FAZENDA, Ivani (org.). Metodologia da pesquisa educacional. 2. ed. São Paulo: Cortez, 1991.

FREIRE, Vanda B. (org.). Horizontes da Pesquisa em Música. Rio de Janeiro:7 Letras, 2010.

GAMBOA, Silvio A. S. A dialética na pesquisa em educação: elementos de contexto. In: FAZENDA, Ivani (org.). Metodologia da pesquisa educacional. 2. ed. São Paulo: Cortez, 1991. p.91-115.

JAPIASSU, Hilton. Introdução ao pensamento epistemológico. 2. ed. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1977.

KRAEMER, Rudolf-Dieter. Dimensões e funções do conhecimento pedagógicomusical. Em Pauta, Porto Alegre, v. 11, n. 16/17, p. 50-73, 2000.

LÜDKE, Menga; ANDRÉ, Marli E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

LUNA, Sérgio V. O falso conflito entre tendências metodológicas. In: FAZENDA, Ivani (org.). Metodologia da pesquisa educacional. 2. ed. São Paulo: Cortez, 1991. p. 21-33.

NASSIF-SCHROEDER, Silvia C.; SCHROEDER, Jorge L. Música e ciências humanas. Pro-posições, Campinas, v. 15, n. 1 (43), p. 209-216, 2004.

OLIVEIRA, Ivanilde A. Epistemologia e Educação: bases conceituais e racionalidades científicas e históricas. Petrópolis: Vozes, 2016.

PENNA, Maura. Construindo o primeiro projeto de pesquisa em Educação e Música. Porto Alegre: Sulina, 2015.

SAVIANI, Dermeval. Epistemologia e teorias da educação no Brasil. Pro-Posições, Campinas, v. 8, n. 1(52), p. 15-27, 2007.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do trabalho científico. 24. ed. São Paulo: Cortez, 2016.

SOUZA, Jusamara. Pensar a educação musical como ciência: a participação da Abem na construção da área. Revista da ABEM, Porto Alegre, v. 16, n. 5, p. 25-30, 2007.

SOUZA, Jusamara. A educação musical como campo científico. Olhares & Trilhas, Uberlândia, v. 22, n. 1, p. 9-24, 2020.

Downloads

Publicado

2022-04-28

Como Citar

CORDEIRO NASSIF, S. Apropriações da literatura na pesquisa em educação musical: : algumas questões. Orfeu, Florianópolis, v. 7, n. 1, p. e0202, 2022. DOI: 10.5965/2525530407012022e0202. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/orfeu/article/view/20043. Acesso em: 5 jul. 2022.