O ensino de teatro e as novas tecnologias: possibilidades metodológicas a partir da cena intermedial

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/235809252712023e4437

Palavras-chave:

ensino de teatro, novas tecnologias, cena intermedial

Resumo

O texto discute possibilidades metodológicas que podem surgir a partir da relação entre Teatro e as novas tecnologias, em meio a experimentação a partir de pressupostos da cena intermedial, tendo como pano de fundo o atual cotidiano escolar formado pela geração de nativos digitais cujo o contato com dispositivos de tecnologia digital é cada vez maior.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Flávio Gonçalves da Fonseca, Universidade Federal do Amapá

Professor adjunto do Curso de Licenciatura em Teatro da Universidade Federal do Amapá - UNIFAP. Tem doutorado em Artes pela Universidade Federal do Pará - UFPA, é mestre em Artes e graduado em Teatro pela Universidade Federal do Ceará - UFC. É professor permanente do Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal do Maranhão – PPGAC/UFMA, líder do grupo de pesquisa Laboratório Nômade, UNIFAP/CNPq e artista da OFICARTE Teatro e Cia., da cidade de Russas-CE, desde o ano 2000. Atualmente é Coordenador Interinstitucional do Curso de Pós-graduação em Acessibilidade Cultural - Rede Interuniversitária de Acessibilidade Cultural - Polo Região Norte -UNIFAP/UFRJ/UNB/UFRN/ UFRGS. É autor do livro Poéticas Nômades: pesquisa criação na cena expandida e intermedial (2022) e organizou, junto com Emerson de Paula o livro Acessibilidade Cultural no Amapá I (2021) e junto com Emerson de Paula e Márcia Pelaes o livro Acessibilidade Cultural no Amapá II (2022).

Referências

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Arte, Ensino de primeira à quarta série, Brasília: MEC/SEF, 1997.

BRASIL. Governo Federal. Base Nacional Comum Curricular: Fundamentos Pedagógicos e Estrutura Geral da BNCC: versão 3, Brasília, 2017.

IAVELBERG, Rosa. A Base Nacional Curricular Comum e a formação dos professores de Arte. Revista Horizontes, v. 36, n. 1, p. 74-84, jan./abr. 2018

LÉVY, Pierre. O que é virtual? São Paulo: Editora 34, 2007

OLIVEIRA, Fernanda Areias; ISAACSSON, Marta; BIASUZ, Maria Cristina. Presença Diluída em Rouge Mékong: uma proposição para a cena intermedial. Rev. Bras. Estud. Presença, Porto Alegre, v. 7, n. 3, p. 601-625, set. /dez. 2017. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/2237-266069774

OLIVEIRA, Fernanda Areias. Estética Digital no Teatro Contemporâneo: apropriações do efeito intermedial na formação de professores de teatro. 8o Congresso da Abrace – Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-graduação em Artes Cênicas. Belo Horizonte, 2014

______. Pedagogia do teatro contemporâneo: apropriações da cena intermedial na formação de docentes de teatro. Tese de Doutorado do Programa de Pós-graduação em Informática na Educação – UFRGS. Porto Alegre, 2016.

PRENSKY, Marc. “Digital Natives, Digital Immigrants Part 1′′, On the Horizon, Vol. 9 Iss: 5, pp.1 – 6, 2001.

RODRIGUES, Lisinei Fátima Dieguez. A construção da experiência teatral na educação básica pela exploração de dispositivos tecnológicos. Tese de Doutorado do Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas – UFRGS. Porto Alegre, 2020.

SANTAELLA, Lúcia. Culturas e artes do pós-humano: Da cultura das mídias à Cibercultura. São Paulo: Paulus, 2008.

Downloads

Publicado

2023-12-14

Como Citar

FONSECA, José Flávio Gonçalves da. O ensino de teatro e as novas tecnologias: possibilidades metodológicas a partir da cena intermedial. Revista NUPEART, Florianópolis, v. 27, n. 2, p. 02–15, 2023. DOI: 10.5965/235809252712023e4437. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/nupeart/article/view/24437. Acesso em: 1 mar. 2024.