Turbante e identidade negra

uma análise pela semiótica discursiva aplicada a um post do Facebook

Autores

  • Isaac Matheus Batista Universidade Federal Rural de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.5965/25944630512021227

Palavras-chave:

Turbante, Identidade negra, Semiótica discursiva

Resumo

O presente artigo teve como objetivo compreender a participação do vestuário na construção da identidade negra/africana na contemporaneidade. Para tal, utilizamos a semiótica discursiva, que foi aplicada a um post do Facebook de uma mulher negra, no qual ela usava o turbante e falava sobre ele. A análise efetuada nos permitiu compreender que o uso do turbante implica uma questão identitária, na qual a construção da identidade negra/africana se dá numa oposição à identidade branca/europeia, e ocorre dentro de uma narrativa em que, no presente, repete-se performaticamente uma prática vestimentária considerada originada pela ancestralidade africana. O uso do turbante apresenta-se, no post, como uma forma de conceder uma valorização eufórica à identidade negra/africana. De modo geral, o discurso constrói um tema de libertação, pois o uso do turbante enquanto algo eufórico se manifesta como uma maneira de se libertar do padrão de beleza e da visão de mundo eurocêntrica que constrói o turbante como símbolo do outro e manipula os negros e negras a erradicarem-no do uso cotidiano em prol de uma tentativa de entrar em conjunção com a alteridade branca/europeia.

Referências

BALOGH, Anna Maria. O discurso ficcional na TV. São Paulo: Edusp, 2002.

BARNARD, Malcolm. Fashion statements: communication and culture. In: SCAPP, Ron; SEITZ, Brian (Eds.) Fashion Statements. New York: Palgrave Macmillan, 2011.

BARNARD, Malcolm. Moda e comunicação. Rio de Janeiro: Rocco, 2003.

DOMINGUES, P. Movimento da negritude. Mediações, Londrina, v. 10, n. 1, p. 25-40, 2005.

FIORIN, José Luiz. Elementos de Análise do Discurso. São Paulo: Contexto, 2013.

GREIMAS, A. J.; COURTÉS, J. Dicionário de semiótica. São Paulo: Editora Cultrix, 1979.

HALL, Stuart. A centralidade da cultura. Educação & Realidade, v. 22, n. 2, p. 15-46, 1997.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A, 2006.

MANSFIELD, Eric. La symbolique du regard. Paris: Publibook, 2009.

Downloads

Publicado

2021-02-01