Interação professor e aluno em tempos de pandemia

práticas educacionais de técnicas de ilustração de moda criativa por meio do instagram

Autores

  • Gisely Andressa Pires Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Lívia Marsari Pereira
  • Raquel Rabelo Andrade

DOI:

https://doi.org/10.5965/25944630512021271

Palavras-chave:

Ilustração de Moda, Ensino Remoto Emergencial, Instagram

Resumo

Em razão da pandemia causada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) e sua rápida dispersão geográfica responsável pela propagação da doença COVID-19, a adoção de estratégias de prevenção e contenção de riscos foram estabelecidas. O distanciamento social foi uma dessas medidas, que resultou em grandes impactos no sistema educacional, ocasionando a suspenção das aulas presenciais por período indeterminado. Considerando esse cenário, as instituições e os docentes buscaram estratégias de atividades educacionais remotas como uma alternativa para manter os alunos ativos e próximos. Esse estudo contextualiza o Ensino Remoto Emergencial e analisa as práticas didáticas, bem como os resultados de um curso livre online sobre ilustração de moda criativa. O tipo de pesquisa utilizada foi a descritiva, e como método de coleta de dados, o estudo de caso. Os resultados expõem a experiência com o ensino remoto, procedimentos, recursos e os conteúdos que compuseram o curso.

Referências

ABDO, S. Matrículas em cursos online crescem 425%: veja que conteúdos são tendência no brasil e no mundo. In: 6minutos. São Paulo, 13 maio. 2020. Disponível em: https://6minutos.uol.com.br/carreira/matriculas-em-cursos-online-crescem-425-veja-que-conteudos-sao-tendencia-no-brasil-e-no-mundo/. Acesso em: 16 ago. 2020.

ARRUDA, E. P. Educação remota emergencial: elementos para políticas públicas na educação brasileira em tempos de Covid-19. EmRede - Revista de Educação a Distância. v. 7, n. 1, p. 257-275, 15 maio 2020. Disponível em: https://www.aunirede.org.br/revista/index.php/emrede/article/view/621. Acesso em: 05 jul. 2020.

BRASIL. Orgão: Atos do poder executivo. Decreto 9.057 de 25 de maio de 2017. Brasília, 2017.

BRASIL. Ministério da Saúde. Gabinete do Ministro. Portaria nº 188, de 04 de fevereiro de 2020. Brasília, 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Gabinete do Ministro. Portaria nº 544, de 17 de junho de 2020. Brasília, 2020.

CASTELLS, M. A sociedade em rede. 19 ed. Rio de Janeiro/ São Paulo: Paz e Terra, 2018.

FILATRO, A. Teorias e abordagens pedagógicas. São Paulo: Senac, 2018. E-book.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 2003.

GIL, A. C. Didática no Ensino Superior. São Paulo: Atlas, 2018.

GÓMEZ, P. Á. Educação na era digital: a escola educativa. Porto Alegre: Penso, 2015.

HANDAYANI, F. Students’ Attitudes Toward Using Instagram in Teaching Writing. In: Journal Educative [s. l.], v.2, n. 1, p. 23-29, Dez. 2017. Disponível em: https://ejournal.iainbukittinggi.ac.id/index.php/educative/article/view/318. Acesso em: 10 ago. 2020.

HODGES, C; MOORE, S; LOCKEE, B; TRUST, T; BOND, A. The Difference Between Emergency Remote Teaching and Online Learning. In: Educause, [s. l.], 17 Mar. 2020. Disponível em: https://er.educause.edu/articles/2020/3/the-difference-between-emergency-remote-teaching-and-online-learning. Acesso em: 13 ago. 2020.

ILLERIS, K. How We Learn: Learning and Non learning in School and Beyond. New York: Routledge, 2007.

JOYE, C. R.; MOREIRA, M. M; ROCHA, S. S. D. Educação a Distância ou Atividade Educacional Remota Emergencial: em busca do elo perdido da educação escolar em tempos de covid-19. Research, Society And Development, [S.I.], v. 9, n. 7, p. e521974299, 24 maio 2020. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/4299. Acesso em: 23 ago. 2020.

KEMP, S. Digital in. In: We Are Social. [Nova York], 21 Jul 2020.Disponível em: https://wearesocial.com/blog/2020/07/more-than-half-of-the-people-on-earth-now-use-social-media. Acesso em: 14 ago. 2020.

LAKATOS, M. E; MARCONI, M. D. Fundamentos de metodologia científica. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2003.

LEFRANÇOIS, G. R. Teorias da aprendizagem: o que o professor disse. São Paulo: Cengage, 2018.

LOWMAN, J. Dominando as técnicas de ensino. São Paulo: Atlas, 2004.

MENDES, L. S; SOUSA, I. D. F. de; COLLARES, P. M. C. Instagram como ferramenta de produção de eventos e aulas remotas. In: SILVA, Andréa Soares Rocha da; MENDES, L; NÓBREGA, P. P da; Produção de aulas remotas: tutoriais e guias didáticos. Fortaleza: Grupo Educação, Tecnologia e Saúde da Universidade Federal do Ceará, 2020. Cap. 20. p. 85-86.

MOREIRA, A. J; BARROS, M. D; & MONTEIRO, A. Educação a Distância: elearning na web social. 2 ed. Portugal: Santo Tirso, 2014.

MOREIRA, J. A, SCHLEMMER, E. Por um novo conceito e paradigma de educação digital onlife. In: Revista Ufg, Goiânia, v. 20, n. 26, p. 1-35, 03 jan. 2020. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/63438. Acesso em: 22 ago. 2020.

MIGNONI, O, R; CORRÊA, Y; MORÉS, A. Ensino remoto emergencial em tempos de covid-19: formação docente e tecnologias digitais. Revista Internacional de Formação de Professores, v. 5, p. e020028, 14 set. 2020. Disponível em: https://periodicoscientificos.itp.ifsp.edu.br/index.php/rifp/article/view/179. Acesso em: 15 de nov. 2020.

OLIVEIRA, S. DA S.; SILVA, O. S. F.; SILVA, M. J. DE O. Educar na incerteza e na urgência: implicações do ensino remoto ao fazer docente e a reinvenção da sala de aula. Interfaces Científicas - Educação, v. 10, n. 1, p. 25-40, 6 set. 2020. Disponível em: https://periodicos.set.edu.br/educacao/article/view/9239. Acesso em: 15 de set. 2020.

PALANGANA, I. C. Desenvolvimento e aprendizagem em Piaget e Vigotski: A relevância do social. 6 ed. São Paulo: Summus, 2015.

RABELLO, C. R. L; HAGUENAUER, C. Sites de rede sociais e aprendizagem: possibilidades e limitações. In C. HAGUENAUER, & F. C. FILHO, Ambientes Virtuais de Aprendizagem: dos SGAs aos games e à realidade virtual. Curitiba: CRV, 2012. p.63-79.

REGO, T. C. Vygotsky: uma perspectiva histórico-cultural da educação. Petrópolis: Vozes, 2012.

SAMPIERI, R. H; COLLADO, C. F; & LUCIO, P. B. Metodologia de Pesquisa. São Paulo: McGraw-Hill Interamericana do Brasil, 2006.

SHAZALI, S. S; SHAMSUDIN, Z. H., & YUNUS, M. M. Instagram: A Platform to Develop Student’s Writing Ability. International Journal of Academic Research in Business and Social Sciences, v.9, n.1, p.88-98. 29 jan 2020. Disponível em: https://hrmars.com/papers_submitted/5365/Instagram_A_Platform_to_Develop_Students_Writing_Ability.pdf. Acesso em: 28 de ago. 2020.

VALENTE, G. S. C; MORAES, É. B. de; SANCHEZ, M. C. O.; SOUZA, D. F. de; PACHECO, M. C. M. D. O ensino remoto frente às exigências do contexto de pandemia: reflexões sobre a prática docente. Research, Society And Development, [S.I.], v. 9, n. 9, p. e843998153, 9 set. 2020. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/8153. Acesso em: 15 set. 2020.

YE, S; HARTMANN, R. W; SODERSTROM, M; MOHAMMAD, A. A.; SKILLINGHAUG, B., SCHEMBRI,

L. S; & ODELL, L. R. Turning Information Dissipation into Dissemination: Instagram as a Communication Enhancing Tool during the COVID-19 Pandemic and Beyond. American Chemical Society and Division of Chemical Education, Inc. [S.I.], v. 97, n. 9, p. 3217–3222, 17 ago. 2020. Disponível em: https://pubs.acs.org/doi/10.1021/acs.jchemed.0c00724. Acesso em: 05 de set. 2020.

Downloads

Publicado

2021-02-01