O contexto das pesquisas de tendências para marcas de moda

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312914232019205

Palavras-chave:

Tendência de moda, Marcas de moda, Estilo de vida, Entrevista

Resumo

Entrevista com a Jornalista, professora e pesquisadora Andrea Greca Krueger, realizada em outubro de 2017, por e-mail. A pesquisadora fala sobre sua trajetória, seu trabalho com a empresa de pesquisas de sua propriedade, a Berlin, da popularidade da profissão de coolhunter e da importância das pesquisas de tendências para marcas de moda, seu contexto e evolução, abordando ainda a pesquisa de estilo de vida e sua utilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriela Costa Oliva, Universidade do Estado de Santa Catarina(UDESC), Florianópolis, SC

Mestranda em Design do Vestuário e Moda pela Universidade do Estado de Santa Catarina, possui pós-graduação MBA em Gestão Estratégica do Design pela UNIVALI e graduação em Negócios da Moda pela Universidade Anhembi Morumbi. Foi orientadora de curso do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - SC. Tem experiência profissional na área de Artes e Comunicação Social, com ênfase em moda e design, atuando principalmente nos seguintes temas: fotografia, planejamento, gestão estratégica, direção criativa, branding, coolhunting e marketing.

Sandra Regina Rech, Universidade do Estado de Santa Catarina(UDESC), Florianópolis, SC

Pós-Doutorado em Design (2015/2016) pelo Centro de Investigação em Arquitetura, Urbanismo e Design - Faculdade de Arquitetura - Universidade de Lisboa, Doutorado (2006) e Mestrado (2001) em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina, Licenciatura em Educação Artística (1991) pela Universidade de Caxias do Sul. Docente Associado VIII da Universidade do Estado de Santa Catarina - Centro de Artes - Departamento de Moda, líder do Grupo de Pesquisa Design de Moda e Tecnologia (UDESC/CNPq) e professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Moda (PPGMODA/UDESC), linha de pesquisa Design e Tecnologia do Vestuário. Coordenadora do laboratório FPLab - Futuro do Presente - UDESC, investigadora colaboradora no CIAUD - FA - ULISBOA e pesquisadora integrada na plataforma TrendsObserver (Portugal). Membro do Grupo de Pesquisa LOGO - Laboratório de Orientação da Gênese Organizacional (UFSC/CNPq) e do GP Design e Subjetividade (UVA/CNPq). Editora-chefe do ModaPalavra e-periódico (UDESC). Membro do Conselho Editorial da e-revista LOGO (UFSC) e da Associação Brasileira de Estudos e Pesquisas em Moda (ABEPEM). Avaliadora de cursos do sistema INEP/MEC, do Conselho Estadual de Educação (SC) e da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (PR). Concentra suas pesquisas nos seguintes temas: design de moda, estudos de tendências, grounded theory, cultura do consumo, pesquisa qualitativa, metodologias.

Icleia Silveira, Universidade do Estado de Santa Catarina(UDESC), Florianópolis, SC

Doutora em Design pela Pontífice Universidade Católica do Rio de Janeiro PUC/RIO; Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC; Especialista em Moda pela Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC; Especialista em Atuação para Docente em Nível Superior pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC; Licenciada em Geografia pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC; Professora Efetiva da Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC; Membro do Grupo de Pesquisa Design de Moda e Tecnologia (UDESC/CNPq); Coordenadora e Professora do Mestrado Profissional em Design de Vestuário e Moda PPGMODA/UDESC; Coordenadora do Laboratório de Tecnologia Do Vestuário e Economia Criativa - LaCRIAT; Membro do Conselho Editorial da Revista ModaPalavra e-periódico (UDESC); Membro da Associação Brasileira de Estudos e Pesquisas em Moda (ABEPEM); Área de atuação - Tecnologia do Vestuário, Ergonomia, Modelagem Plana e Moulage do Vestuário e Processos Produtivos; Gestão do Conhecimento nos Negócios de Moda e Aprendizagem Organizacional.

Referências

LEVINBOOK, Miriam; NAVALON, Eloize. O “meu” público alvo. In: CASTILHO, Kathia; DEMETRESCO, Sylvia (org.). Consumo: práticas e narrativas. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2011.

RECH, Sandra Regina; GOMES, Nelson Pinheiro. Anatomia das tendências e o desenvolvimento de produtos de moda. In: COLÓQUIO DE MODA, 12., 2016, João Pessoa. Anais [...]. João Pessoa: ABEPEM, 2016. p. 1 - 13. Disponível em: http://www.coloquiomoda.com.br/anais/Coloquio%20de%20Moda%20-%202016/GT/GT04-DESIGN-E-PROCESSOS-DE-PRODUCAO-EM-MODA/GT-04_ANATOMIA-DAS-TENDENCIAS.pdf. Acesso em: 27 jun. 2019.

SILVA, Aldo Clécius Neris da. A pesquisa de estilo de vida como metodologia e recurso para direção criativa de moda. In: COLÓQUIO DE MODA, 8., 2012, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro: ABEPEM, 2012. p. 1 - 11. Disponível em: http://www.coloquiomoda.com.br/anais/Coloquio%20de%20Moda%20-%202012/GT07/ARTIGO-DE-GT/103617_A_pesquisa_de_estilo_de_vida_como_metodologia_e_recurso_para_direcao_criativa_de_moda.pdf. Acesso em: 27 jun. 2019.

Downloads

Publicado

2019-08-05

Como Citar

COSTA OLIVA, G.; REGINA RECH, S.; SILVEIRA, I. O contexto das pesquisas de tendências para marcas de moda. DAPesquisa, Florianópolis, v. 14, n. 23, p. 205-210, 2019. DOI: 10.5965/1808312914232019205. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/1808312914232019205. Acesso em: 4 dez. 2022.

Edição

Seção

Entrevistas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>