Epoché no método de Design

Autores

  • Camila de Cássia das Dores Ogava Universidade Federal de Santa Catarina
  • Erik Silva dos Santos Universidade Federal de Santa Catarina
  • Alberto Ribeiro Palmieri Universidade Federal de Santa Catarina
  • Richard Perassi Luiz de Sousa Universidade Federal de Santa Catarina
  • Eugenio Andrés Díaz Merino Universidade Federal de Santa Catarina
  • Luiz Fernando Gonçalves de Figueiredo Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312907092012474

Palavras-chave:

suspension of judgment (epoche), design, method

Resumo

A atividade do Design como ocupação funcionalista, é influenciada pelo pragmatismo e busca na metodologia instrumentos para ampliar a assertividade da concepção de projetos, onde a satisfação do usuário é o principal critério de validação das soluções de design. Debate-se então a necessidade do profissional de design lidar com fatores estéticos segundo o juízo de valor do usuário, de modo que sua própria opinião tenha menor peso nas decisões ligadas à estética. Utilizando-se de pesquisa teórica, buscou-se compreender a suspensão do juízo (epoché) proposta pelos céticos antigos, visando a possibilidade de contribuição na aplicação desta ao método de design como um instrumento, respeitando os fins pragmáticos da profissão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-10-23

Como Citar

DE CÁSSIA DAS DORES OGAVA, C.; SILVA DOS SANTOS, E.; RIBEIRO PALMIERI, A.; PERASSI LUIZ DE SOUSA, R.; ANDRÉS DÍAZ MERINO, E.; GONÇALVES DE FIGUEIREDO, L. F. Epoché no método de Design. DAPesquisa, Florianópolis, v. 7, n. 9, p. 474-785, 2018. DOI: 10.5965/1808312907092012474. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/13976. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Design

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)