Deuxième Scherzo, Op.14, de Clara Schumann

Autores

  • Larissa de Abreu Galvão UDESC
  • Guilherme Sauerbronn de Barros UDESC

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312907092012323

Palavras-chave:

composição musical, Piano, Clara Schumann

Resumo

O presente artigo originou-se do contato com a obra Deuxième Scherzo Op.14,
de Clara Schumann (1819–1896). Compositora, professora e ilustre intérprete
germânica do século XIX desenvolveu uma trajetória musical e profissional
intensa obtendo alto grau de reconhecimento artístico, pelas suas composições
e performances. A primeira parte do artigo expõe a biografia de Clara
Schumann, embasada principalmente na obra de Eliana Monteiro da Silva
(2011) “Clara Schumann: Compositora X Mulher de Compositor”. Em paralelo,
abordamos a atitude de Clara como responsável pela editoração das obras de
Robert Schumann, a sua postura como concertista/intérprete musical e os seus
ensinamentos. A segunda parte do artigo expõe o eixo central da pesquisa,
que busca contextualizar o tema principal da peça Deuxième Scherzo pour le
Pianoforte Op.14 (1841–1845), observando a trajetória e recorrência do mesmo
tema no Lied Op. 12 n.2 “Er ist Gekommen in Sturm und Regen” (1841), escrito
em co-autoria pelo casal Schumann, e na “Sonate für Klavier, g-moll” (1841–42).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-10-23

Como Citar

GALVÃO, L. de A.; SAUERBRONN DE BARROS, G. Deuxième Scherzo, Op.14, de Clara Schumann. DAPesquisa, Florianópolis, v. 7, n. 9, p. 323-340, 2018. DOI: 10.5965/1808312907092012323. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/13965. Acesso em: 1 dez. 2022.

Edição

Seção

Música

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)