Um campo para a criação: o desenvolvimento poético através do diário de pesquisa do pintor em formação

Autores

  • Martha Werneck Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Lícius Bossolan Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.5965/24471267622020014

Palavras-chave:

pintura , poética , processo criativo , metodologia , caderno de artista

Resumo

O artigo versa sobre o que tomamos por poética, tratando da importância do entendimento desse conceito para o ensino e metodologia aplicados em disciplinas práticas de ateliê, no Ciclo Básico do Curso de Graduação em Pintura da Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro. O termo, que abarca tantas possíveis questões no universo das artes, é fundamental para aprofundar o trabalho de um estudante cuja formação é de um artista pesquisador em pintura. O artista é agente que pensa, propõe e transforma sua cultura e sociedade através de uma linguagem e justamente por isso é importante a consciência de seu campo poético, pois é ele que impulsiona a pesquisa, o ato criativo e a expressão. A poética que um estudante de pintura gesta e desenvolve funciona como principal catalisador de sua produção, norteando o processo criativo, a imaginação e a intuição. Além de tratar desse conceito, apresentaremos aqui a metodologia de ensino aplicada às turmas de segundo e terceiro períodos da graduação em Pintura. Esta propõe, através da elaboração de um corpo de imagens e de documentos de artista dos mais variados tipos, a organização do pensamento criativo em diários de pesquisa, também chamados sketchbooks. Esses suportes são como receptáculos que fomentam simultaneamente aprendizado, pesquisa e criação de estudantes iniciados nessa complexa, rica e ancestral linguagem: a pintura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Martha Werneck, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Martha Werneck é Professora Adjunta do Cuso de Graduação em Pintura da Escola de Belas Artes da UFRJ, Graduada em Pintura, com Mestrado e Doutorado em Artes Visuais, linha de pesquisa Imagem e

http://lattes.cnpq.br/6702826238721394.

Lícius Bossolan, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Nome artístico Lícius Bossolan, é Professor Assistente do Curso de Graduação em Pintura da Escola de Belas Artes da UFRJ, Graduado em Pintura e Mestre em Artes Visuais, linha de pesquisa imagem e cultura.

 http://lattes.cnpq.br/3693755553577855.

Referências

ALLOA, Emmanuel (org.). Pensar a Imagem. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2015.

DURAND, Gilbert. O Imaginário: ensaio acerca das ciências e da filosofia da imagem. Rio de Janeiro: DIFEL, 2004.

DURAND, Gilbert. Campos do Imaginário. Coleção Teoria das Artes e Literatura. Lisboa: Ellug, 1996.

FRIEDEL, Helmut. Gerhard Richter: Atlas. New York: D.A.P./Distributed Art Publishers, 2007.

JUNG,Carl G. (et.al). O Homem e seus símbolos. Rio de Janeiro: Harper Collins Brasil, 2016.

OSTROWER, Fayga. Criatividade e Processos de Criação. Petrópolis: Vozes, 2014.

Downloads

Publicado

2020-09-14

Como Citar

WERNECK, M.; BOSSOLAN, L. Um campo para a criação: o desenvolvimento poético através do diário de pesquisa do pintor em formação. Revista Apotheke, Florianópolis, v. 6, n. 2, 2020. DOI: 10.5965/24471267622020014. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/apotheke/article/view/18406. Acesso em: 28 set. 2022.