Como trazer para a escrita os processos criativos da pesquisa?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/24471267622020131

Palavras-chave:

processo de criação , arte educação , pesquisa acadêmica

Resumo

Escrito por três pesquisadoras que em comum partilham estudos sobre processos de criação no entrelaçamento com a arte, a educação e a pesquisa, esse artigo apresenta conceitos sobre crítica genética elaborados pela professora Cecília Almeida Salles e três narrativas complementares, de cada uma das autoras, sobre processos de criação com a palavra no âmbito dos percursos de suas pesquisas em construção. Na tessitura de palavras lidas, ditas, sussurradas, colhidas, rascunhadas, desenhadas e escritas em suportes como diários de campo, cadernos de desenhos, pequenos papéis coloridos e murais, materializam-se os pensamentos, reflexões, desejos, inquietações e descobertas que, gradualmente, ganham corpo em forma de texto. Ao tecer aproximações entre o ato de criação e o ato de pesquisar, as autoras convidam a reflexão de uma inquietação comum: Como trazer para a escrita os processos criativos da pesquisa?


Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camila Serino Lia, Instituto de Artes da UNESP

Doutoranda em Arte e Educação no Instituto de Artes da UNESP, bolsista CAPES, atua como arte educadora, com formação de professores de Arte e em projetos educativos em instituições culturais.

Camila Feltre, Instituto de Artes da UNESP

Doutoranda em Arte e Educação no Instituto de Artes da Unesp, bolsista CAPES, professora na pós-graduação "O livro para a infância" n´A Casa Tombada e arte educadora em espaços de educação não formal

Patrícia Marchesoni Quilici, Instituto de Artes da UNESP

Mestranda em Arte e Educação no Instituto de Artes da UNESP e atua como arte/educadora, desenvolvendo oficinas e intervenções lúdicas para crianças, cursos para adultos, formação para educadores e projetos socioculturais

Referências

CAVALCANTI. Moema; MELO, Chico Homem de; MATSUSHITA, Raquel; MASSARO, Silvia. Moema Cavalcanti: Livre para voar. Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2019.

MATTAR, Sumaya. O ato cartográfico na docência da arte: instaurando estados criativos de experimentação, In Encontro da Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas, 26o, 2017, Campinas. Anais do 26o Encontro da Anpap. Campinas: Pontifícia Universidade Católica de Campinas, 2017. p.3277-3291. Disponível em: http://anpap.org.br/anais/2017/PDF/S10/26encontro______MATTAR_Sumaya.pdf.

SALLES, Cecília Almeida. Gesto inacabado : processo de criação artística. São Paulo: FAPESP: Annablume, 1998. 168p.

_______. Gesto inacabado : processo de criação artística. 3ª ed. São Paulo: FAPESP, Annablume, 2007. 168p.

_______ Redes de Criação: construção da obra de arte. Vinhedo, Editora Horizonte, 2006. 176p.

Downloads

Publicado

2020-09-14

Como Citar

LIA, C. S.; FELTRE, C.; QUILICI, P. M. Como trazer para a escrita os processos criativos da pesquisa?. Revista Apotheke, Florianópolis, v. 6, n. 2, 2020. DOI: 10.5965/24471267622020131. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/apotheke/article/view/18325. Acesso em: 28 set. 2022.