A aula ateliê no contexto da formação inicial do professor de Artes Visuais

Autores

  • Marta Facco Universidade do Estado de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5965/24471267432018102

Resumo

Este artigo objetiva tecer reflexões acerca do ensino e aprendizagem no espaço do ateliê de Artes Visuais, compreendendo este como um lugar de trânsito entre saberes artísticos e pedagógicos, assim como um lugar de deslocamento (no sentido de mudança) do ver/olhar/sentir do artista professor pesquisador. Compreende-se também este lugar como relevante para propiciar experiências através do processo criativo em Arte, bem como, a relação que esse indivíduo estabelece com seus documentos de trabalho. Para transitar por esses entre lugares sugiro perambular pelo processo criativo em Artes Visuais compreendendo a relevância da aula ateliê, para pensar o ser/estar do artista professor, que ao mesmo tempo que produz obra, também produz aula. Como principais eixos teóricos trago John Dewey (2010), Flávio Gonçalves (2000) e Jociele Lampert (2017).

 

 

Downloads

Publicado

2018-12-28

Como Citar

FACCO, M. A aula ateliê no contexto da formação inicial do professor de Artes Visuais. Revista Apotheke, Florianópolis, v. 4, n. 3, 2018. DOI: 10.5965/24471267432018102. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/apotheke/article/view/14551. Acesso em: 19 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos Seção temática