O SINAL ESTÁ FECHADO? Perspectivas acerca da iluminação cênica durante a pandemia e estratégias utilizadas para o teatro remoto

Autores

Resumo

O presente artigo busca discutir as perspectivas acerca da iluminação cênica durante a pandemia de COVID-19 e as possíveis estratégias utilizadas em sua concepção e execução. A partir do conceito de cibercultura, desenvolvido por Pierre Lévy, buscou-se discutir a relação entre o teatro e os novos meios de consumo a partir do uso das tecnologias e virtualidades, com ênfase no trabalho do iluminador. Para isto foram analisadas a elaboração e execução do projeto de iluminação de três espetáculos realizados durante a pandemia em 2020 e 2021, que são: Ânsia, Pensamentos de paz durante um ataque aéreo e O tigre. Foi observado na análise dos processos quais estratégias foram utilizadas de acordo com as condições impostas pela pandemia. Após as análises foi possível concluir que apesar de diferentes meios e equipamentos, o que prevalece na elaboração da iluminação é o conceito de idioma-luz e o que se deseja comunicar.

Biografia do Autor

Otavio José Correia Neto, Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Mestre em Artes Cênica pelo Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal da Bahia (UFBA), com a pesquisa em Iluminação Cênica e dramaturgia, é graduado em Bacharela em Artes Cênicas - Direção Teatral pela Escola de Teatro da UFBA, técnico químico formado pelo Instituto Federal da Bahia (IFBA), premiado na Olimpíada Brasileira de Matemática (OBMEP), tem experiência na área de Artes, com ênfase em Direção Teatral, Dramaturgia, Iluminação Cênica e Cenografia.

Referências

AGAMBEN, Giorgio. O fogo e o relato: ensaios sobre criação, escrita, artes e livros. Tradução Andrea Santurbano, Patricia Peterle. São Paulo: Boitempo, 2018.

CORREIA NETO, Otávio José. A luz na dramaturgia: a iluminação cênica como narrativa a partir da fisicalização de imagens poéticas. 237 f il. 2021. Dissertação (Mestrado em Artes Cênicas) – Escola de Teatro, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2021.

DAVINI, Silvia. A pesquisa em teatro: a questão da palavra e da voz; In: Pesquisa em artes cênicas: textos e temas, org. Narciso Telles. Rio de Janeiro: E-papers, 2012, p. 68-109.

DAY-LEWIS, Cecil. The Poetic Image. New York: Oxford University Press, 1947.

GASCOIGNE, Bamber. World theatre: an illustrated history. Boston, Little, Brown, 1968.

LÉVY, Pierre. Cibercultura; tradução de Carlos Irineu da Costa. São Paulo: Ed. 34, 1999.

MACAULAY, Thomas. Essays on Milton. Boston: D.C. Heath & Co, 1900.

SKOOG, Douglas A.; WEST, Donald M.; HOLLER, F. James; CROUCH, Stanley R. Fundamentos de Química Analítica. São Paulo: Editora Thomson, 2006.

SPOLIN, Viola. Theater Games for the Classroom: A Teacher's Handbook. Evanston: Northwestern University Press, 1986.

WILSON, Edwin; GOLDFARB, Alvin. Living theater: a history. New York: McGraw-Hill, 1994.

Downloads

Publicado

2021-12-31

Como Citar

CORREIA NETO, O. J. O SINAL ESTÁ FECHADO? Perspectivas acerca da iluminação cênica durante a pandemia e estratégias utilizadas para o teatro remoto. A Luz em Cena: Revista de Pedagogias e Poéticas Cenográficas, Florianópolis, v. 2, n. 2, p. 1-25, 2021. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/aluzemcena/article/view/21173. Acesso em: 21 jan. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Temático: Luz e Cena em Campo Expandido. Iluminação e Audiovisual