Variabilidade espacial de algumas propriedades físicas em três solos para duas profundidades

Autores

  • Rodrigo Vilella Machado
  • Valter Antonio Becegato
  • Sílvio Luís Rafaelli Neto
  • Olívia Aparecida Rodolfo Figueiredo

Palavras-chave:

física de solo, variabilidade espacial e geoestatística.

Resumo

Este trabalho objetivou caracterizar a variabilidade espacial da densidade do solo, de partículas e da porosidade total do solo através da estatística clássica e de técnicas de geoestatística. Três solos foram analisados: Latossolo Vermelho Amarelo, Glei Pouco Húmico e Orgânico. Em cada solo foram coletadas amostras nas profundidades de 0-20 e 20-40 cm. A amostragem sistemática constituiu numa quadrícula com espaçamento variável de 0,75 a 4,5 m, totalizando vinte e cinco pontos por camada. A análise dos dados permitiu, no Latossolo Vermelho Amarelo e no Glei Pouco Húmico, a identificação do alcance amostral variando entre 1,5 a 5 m, estabelecendo o limite a partir do qual as amostras se tornam independentes. No solo Orgânico este alcance foi maior do que as dimensões do campo amostral, não sendo possível a sua identificação, exceto para a porosidade total na profundidade de 0-20 cm.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

MACHADO, Rodrigo Vilella; BECEGATO, Valter Antonio; RAFAELLI NETO, Sílvio Luís; FIGUEIREDO, Olívia Aparecida Rodolfo. Variabilidade espacial de algumas propriedades físicas em três solos para duas profundidades. Revista de Ciências Agroveterinárias, Lages, v. 5, n. 1, p. 44–52, 2006. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/agroveterinaria/article/view/5380. Acesso em: 18 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigo Completo - Ciência do Solo e do Ambiente

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)