A presença da criança nos espetáculos da Socìetas Raffaello Sanzio

Melissa da SIlva Ferreira

Resumo


Este artigo discute as implicações éticas e estéticas da presença de crianças nos espetáculos Genesis, from museum of sleep (1999), Tragedia Endogonidia (2002-2004) e Purgatorio (2008) da companhia teatral italiana Socìetas Raffaello Sanzio. Desde os anos noventa, a infância tem um papel de destaque no percurso da companhia devido ao modo particular da criança de estar em cena e de ver o mundo e a arte.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/1414573102232014132



Direitos autorais



 

    

 

Indexadores

 

       


Urdimento – Revista de Estudos em Artes Cênicas - Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) - Centro de Artes (CEART) - Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas - (PPGT) – E-ISSN: 2358.6958 - Endereço: Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Centro de Artes - Av. Madre Benvenuta, 2007, Itacorubi. Florianópolis. SC, Brasil. CEP: 88.035-001 – E-mail: urdimento.ceart@udesc.br

Licença Creative Commons

  Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.