MASACCIO, CULTURA CRISTÃ NO PRIMEIRO RENASCIMENTO: A INTERPRETAÇÃO CRÍTICA DE GIULIO CARLO ARGAN E A EXEGESE DA FORMA

João Cícero Teixeira Bezerra

Resumo


O artigo analisa a relação entre a cultura cristã e a forma perspectiva na obra de Masaccio no primeiro Renascimento, a partir de uma interpretação do historiador italiano Giulio Carlo Argan. Para isso, discute-se o debate teológico da forma total presente nos escritos de São Pedro Damião a fim de especular possibilidades interpretativas para o surgimento da forma perspectiva em Florença no século XV. Outros historiadores como Frederick Antal, Ernst Gombrich, Ernst Panofsky são solicitados para dialogar com a interpretação de Argan. Assim sendo, o ensaio segue dois caminhos: 1º - apresenta a obra de Masaccio no contexto do Renascimento, e 2º- debate sobre o método historiográfico do historiador italiano.

 


Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2018 Palíndromo



Indexadores, diretórios e bases de dados

       


Revista Palíndromo - Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC - Centro de Artes - CEART

Endereço: Av. Madre Benvenuta, 1907 - Itacorubi - Florianópolis - SC - CEP: 88035-001

ISSN 2175-2346



A Revista Palíndromo está disponível sob a Licença
Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.