Estética e humor nos quadrinhos feministas: a reconquista política do corpo pelo riso na HQ A origem do mundo (2018)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175180312312020e0102

Resumo

O presente artigo investiga conceitos da estética, tais como o grotesco e o grotesco feminino, a compreensão bergsoniana do risível e o debate sobre corpo e gênero empreendido pelos estudos feministas, na análise das estratégias de humor presentes na História em Quadrinhos A origem do mundo (2018). Observamos as repetições e as inversões promovidas pela autora Liv Strömquist, ao propor uma história da genitália feminina – suas mutilações, cerceamentos e interdições – e o riso consequente da constatação de hierarquias e incongruências históricas, que resultam cômicas quando colocadas em perspectiva. Como resultado, observamos uma estética feminista empreendida pelo riso, numa leitura que proporciona a reflexão sobre o lugar de autoria das mulheres e as imagens políticas de corpo e corporalidades difundidas em nossa sociedade.

Palavras-chave: Feminismo. Humorismo ilustrado. Histórias em Quadrinhos

Biografia do Autor

Daiany Ferreira Dantas, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Doutora em Comunicação pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)   
Professora da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN)

Referências

ATALANTA, Hilde. The Vulva Gallery. Instagram: the.vulva.gallery. [S.l.], 2020. Disponível em: https://www.instagram.com/the.vulva.gallery/?hl=pt-br. Acesso em: 14 jul. 2020.

BAKHTIN, Mikhail Mikhailovich. Cultura popular na idade média e no renascimento: o contexto de François Rabelais. São Paulo: Hucitec, 2010.

BERGSON, Henri. O riso. Rio de Janeiro: Zahar, 1980.

BRAIDOTTI, Rosi. Metamorfosis: hacia una teoria materialista del devenir. Madrid: Ediciones Akal, 2005.

BUTLER, Judith. Cuerpos que importan: sobre los límites materiales y discursivos del "sexo". Buenos Aires: Paidós, 2002.

CIXOUS, Helène. The laugh of medusa. In: MARKS, Elaine; COURTIVRON, Isabelle (orgs). New french feminisms: an anthology. New York: University of Massachussetts Press, 1980.

DANTAS, Daiany Ferreira. Sexo, mentiras e HQ: representação e autorrepresentação das mulheres nos quadrinhos. 2006. 123 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) – Programa de Pós-graduação em Comunicação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.

DESPENTES, Virginie. Teoria King Kong. Barcelona: Penguin Random House, 2018.

ECO, Umberto. A história da feiúra. Rio de Janeiro: Record, 2007.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir: nascimento da prisão. Petrópolis: Vozes, 2003.

GROSZ, Elizabeth. Volatile bodies: toward a corporeal feminism. Indianapolis: Indiana University Press, 1994.

IRIGARAY, Luce. Speculum of the other woman. New York: Cornell University Press, 1987.

ITO, Carol. História da vulva. Revista Trip, São Paulo, jul. 2018. Disponível em: https://revistatrip.uol.com.br/tpm/hq-a-origem-do-mundo-de-liv-stromquist-aborda-a-historia-cultural-da-vulva. Acesso: 29 fev. 2020.

KORSMEYER, Carolyn. Aesthetics in feminist perspective. [S.l.]: Indiana University Press, 1993.

NOCHLIN, Linda. Why have there been no great women artists. In: JONES, Amelia (org.). The feminism and visual culture reader. New York: Routledge, 2003.

PIRES, Maria da Conceição Francisca. Outras mulheres, outras condutas: feminismos e humor gráfico nos quadrinhos produzidos por mulheres. Artcultura, Uberlândia, v. 21, n. 39, p. 71-87, 2019. Disponível em: http://www.seer.ufu.br/index.php/artcultura/article/view/52017. Acesso: 10 jul, 2020.

ROBBINS, Trina. Pretty in ink: North american women cartoonists 1896-2013. Seattle: Fantagraphic Books, 2013.

RUSSO, Mary. O grotesco feminino: risco, excesso e modernidade. Rio de Janeiro: Rocco, 2000.

STRÖMQUIST, Liv. A origem do mundo: uma história cultural da vagina ou a vulva vs. O patriarcado. São Paulo: Quadrinhos na Cia, 2018.

THE GUERRILLA GIRLS. Homepage. The guerrilla girls. [S.l.], 2020. Disponível em: https://www.guerrillagirls.com/. Acesso em: 8 de nov. de 2020.

Downloads

Publicado

2020-12-21

Como Citar

Dantas, D. F. (2020). Estética e humor nos quadrinhos feministas: a reconquista política do corpo pelo riso na HQ A origem do mundo (2018). Revista Tempo E Argumento, 12(31), e0102. https://doi.org/10.5965/2175180312312020e0102