ANÁLISE DO EFEITO DA REFRIGERAÇÃO DO LEITE DE OVELHA NO RENDIMENTO DA MASSA FRESCA DE QUEIJO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2447365005012021002

Palavras-chave:

Lacaune, Caracterização, Estabilidade térmica, Resfriamento, Conservação

Resumo

O leite de ovelha apresenta conteúdo expressivo de sólidos que propiciam elaborar produtos de alto valor agregado, sendo destinado principalmente para produção de queijos e iogurtes, devido seu maior rendimento em relação as demais espécies. Neste sentido, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da refrigeração do leite de ovelha no rendimento da massa fresca de queijo obtida a partir do leite de ovelha fresco e refrigerado por 6 e 10 dias. O leite de ovelha fresco da raça Lacaune e as massas frescas de queijo obtidas do leite fresco e dos leites refrigerados nos tempos 6 e 10 dias, foram analisados quanto aos teores de gordura, proteína, cinzas, sólidos totais, sólidos não gordurosos e minerais (sódio e potássio). A determinação do teor de lactose foi realizada apenas no leite fresco e o rendimento nas massas frescas de queijo. O leite de ovelha fresco e os refrigerados foram analisados quanto aos parâmetros de pH, acidez e estabilidade térmica. As alterações do leite de ovelha refrigerado ao longo do tempo não influenciaram na elaboração das massas frescas de queijo, no entanto a qualidade do leite refrigerado por 10 dias foi alterada, sendo recomendado sua utilização por até 6 dias.

Biografia do Autor

Danielle Specht Malta, Universidade do Estado de Santa Catarina

Estudante de Doutorado em Engenharia de Alimentos - UFPR

Mestre em Ciência e Tecnologia de Alimentos - UDESC

Engenheira de Alimentos - FURG

Referências

BRASIL. Instrução Normativa Nº 68, de 12 de dezembro de 2006. Oficializa os Métodos Analíticos Oficiais Físico-Químicos, para Controle de Leite e Produtos Lácteos. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Secretaria de Defesa Agropecuária. Diário Oficial da União. Brasília,14 de dezembro de 2006.

BRITISH STANDARDS INSTITUTION. Determination of fat content of milk and milk products (Gerber Method). London: British Standards Institution. 1989.

BRITO, M. A.; GONZÁLEZ, F. D.; RIBEIRO, L. A.; CAMPOS, R.; LACERDA, L.; BARBOSA, P. R.; BERGMANN, R. Composição do sangue e do leite em ovinos leiteiros do sul do Brasil: variações na gestação e na lactação. Ciência Rural, v.36, p.942-948, 2006.

CHORNOBAI, C. A. M. Avaliação físico-química de leite in natura de cabras cruza Saanen, ao longo do período de lactação. 1998, 100p. Dissertação (Mestrado em Química) – Universidade Estadual de Maringá,1998.

DE LA VARA, J. A.; BERRUGA, M. I.; CAPPELLI, J.; LANDETE-CASTILLEJOS, T.; CARMONA, M.; GALLEGO, L.; MOLINA, A. Some aspects of the ethanol stability of red deer milk (Cervus elaphus hispanicus): A comparison with other dairy species. International Dairy Journal, v. 86, p. 103-109, 2018.

FAVA, L. W.; KÜLKAMP-GUERREIRO I. C.; PINTO A. T. Evaluation of physico-chemical characteristics of fresh, refrigerated and frozen Lacaune ewes’ milk. Brazilian journal of veterinary and animal sciences. v.66, n.6, p. 1924-1930, 2014.

GUO, M. R.; LUO, C. X. Goats Milk and Goats Milk Products technology. Heilongjiang Science and Technology Publishing House, Harbin, P.R. China, p. 5-65, 1992.

HAENLEIN, G. F. W. About the evolution of goat and sheep milk production. Small Ruminant Research, v.68, p. 3–6, 2007.

HANAUER, D. C.; RIGO, E.; BAGATINI, L.; STEFFENS, J.; CAVALHEIRO, D. Influência da substituição parcial de cloreto de sódio por cloreto de potássio em queijo minas frescal de leite de ovelha. Revista Instituto de Laticínio Cândido Tostes, v. 71, p.119-130, 2016.

KILIAN, J. Obtenção e caracterização de leite em pó de ovelha e elaboração de iogurte. 2014. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Alimentos) - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, Erechim, 2014.

LAI, C. Y.; FATIMAH, A. B.; MAHYUDIN, N. A.; SAARI, N.; ZAMAN, M. Z. Physico chemical and microbiological qualities of locally produced raw goat milk. International Food Research Journal, v.23, n. 2, p.739-750, 2016.

LANE, J. H.; EYNON, L. Determination of reducing sugars by Fehling’s solution with methylene blue indicator. Journal of the Society of Chemistry Industry, London, v. 42, p. 32-37, 1923.

LATIMER, G.W. Official methods of analysis: of AOAC international. ed. 20. Maryland: AOAC, 2016. v. 2.

MAHIEU, H. Factores que influyen na la composición de la leche. In: LUQUET, F. M. Leche y produtos lácteos: vaca – oveja – cabra. Zarago: Editora acribia, S.A., 1991, p. 117 – 179.

MONTANHINI, M. T. M. Bactérias psicrotróficas em leite refrigerado, 2016. Disponível em: https://www.milkpoint.com.br/artigos/industria/bacterias-psicrotroficas-em-leite-refrigerado-100639n.aspx. Acesso em: 28 jul. 2018.

PELLEGRINI, L. G.; GUSSO, A. P.; CASSANEGO, D. B. MATTANNA, P.; RICHARD, N. S. P. S. Caracterização físico-química e perfil lipídico de queijos produzidos com leite ovino. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes, v. 68, p.11-18, 2013.

PINTO JÚNIOR, W. R. Efeito do congelamento do leite de cabra obtido em diferentes estágios de lactação sobre a qualidade de queijo minas frescal. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Alimentos) - Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Itapetinga, 2012.

REVERS, L. M.; DANIELLI, A. J.; ILTCHENCO, S.; ZENI, J.; STEFFENS, C.; STEFFENS, J. Obtenção e caracterização de iogurtes elaborados com leites de ovelha e de vaca. Revista Ceres, v. 63. p. 747-753, 2016.

RIBEIRO, L. C. Produção, composição e rendimento em queijos do leite de ovelhas Santa Inês. 2005. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2005.

SILVEIRA, P. R.; ABREU, L. R. Rendimento e composição físico-química do queijo prato elaborada com leite pasteurizado pelo sistema HTST e injeção direta de vapor. Ciência e Agrotecnologia, v. 27, p.1340-1347, 2003.

WALSTRA, P.; WOUTERS, J. T. M.; GEURTS, T. J. Dairy Science and Technology. ed. 2.Taylor & Francis, New York, p. 763, 2006.

WASIKSIRI, S.; CHETHANOND, U.; PONGPRAYOON, S.; SRIMAI, S.; NASAE, B. Quality aspects of raw goat milk in Lower Southern Thailand. Songklanakarin Journal of Science & Technology, v. 32, p. 109-113, 2010.

Downloads

Publicado

2021-06-10

Edição

Seção

Engenharia, ciência e tecnologia de alimentos