Utopias da comunidade: o teatro invadindo o espaço urbano

Autores

  • André Carreira Centro de Artes - CEART da UNiversidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

DOI:

https://doi.org/10.5965/2358092521232020185

Palavras-chave:

comunidade efêmera, espaço urbano, teatro na rua

Resumo

Este texto discute o conceito de comunidade efêmera relacionando-o à noção de teatro de invasão do espaço urbano. O artigo tem como premissa a prática teatral nas ruas como um exemplo de um projeto utópico que vê a formulação de comunidades efêmeras como objetivo de criação. A reflexão sobre a noção de utopia se vincula com a possibilidade de experiências plurais no espaço aberto das ruas. Uma cena em comunidade efêmera é vinculada a procedimentos teatrais que se sustentam na noção de presença.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Carreira, Centro de Artes - CEART da UNiversidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Doutor em Teatro pela Universidade de Buenos Aires, professor de Teatro na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC).

Referências

BADIOU, Alain, Filosofia e politica, en Agamben, Badiou, de Carolis, Nancy, Russo, Zanardi: comunità e política. Napoli: Ed. Cronopio, 1993.

BAUMAN, Zygmunt. Comunidade: a busca por segurança no

mundo atual. Rio de Janeiro: Zahar, 2003.

CABRAL, Biange. Impacto e risco na escola/comunidade. In:

Memória. ABRACE V, Salvador, UFBA, 2001.

. O Teatro no espaço da cidade: o lugar praticado. O Percevejo, Sevilla-Espanha, v. 1, n. 1, s/p., 2009.

CALDARONE, Rosaria. La comunidad de los otros. A partir de Jean-Luc Nancy. Thémata. Revista de Filosofía. n. 47, p. 24, 2013.

CARREIRA, André. Teatro de rua como ocupação da cidade: criando comunidades transitórias. Urdimento, Setembro. n. 13, 2009.

CORNAGO, Óscar. Ensayos de teoria escénica: sobre teatralidade, público y democracia. Madrid, Abada Editores: 2015.

COSTA, Pedro. Práticas artísticas e espaço urbano: renovando compromissos com a observação etnográfica. Etnográfica Revista do Centro em Rede de Investigação em Antropologia, Portugal, vol. 22, n. 2, p. 390, 2018.

DA MATTA, Roberto. A casa & a rua espaço, cidadania, mulher e

morte no Brasil. Rio de Janeiro: Editora Rocco, 1997.

DIDI-UBERMAN, Georges. Supervivencias de las luciérnagas.

Abada Editores: Madrid, 2012.

DUVIGNAUD, Jean. El juego del juego. México: Fondo de Cultura

Económica, 1982.

GARCÍA CANCLINI, Nestor. Imaginarios Urbanos. Buenos Aires: Eudeba, 2005.

HARVEY, David. Ciudades rebeldes: del derecho a la ciudad a la

revolución urbana. Madrid: AKAL, 2013.

KERSHAW, Baz The Politics of Performance: Radical Theatre as

Social Intervention. Londes: Routledge, 1992.

LYNCH, Kevin. A imagem da cidade. São Paulo: Martins Fontes,2006.

NANCY, Jean-Luc, La comunidad desobrada. Arena Libros, Madrid, 2001.

PÉREZ ROYO, Victoria. Componer el plural. Una introducción. Componer el plural Escena, cuerpo, política. Barcelona: Mercat de les Flors / Institut del Teatre / Ediciones Polígrafa, 2016.

POMPEO, Marcia. Tentando definir o teatro na comunidade.

DAPesquisa, Florianópolis, v. 2, n. 4, p. 77-79, 2007.

SIMMEL, Georg. As grandes cidades e a vida do espírito. Mana,

vol. 11 n. 2. Rio de Janeiro, p. 25, out. 2005.

TURNER, Victor. From Ritual to Theatre. The human seriousness of play. New York, PAJ Publications, 1988.

Downloads

Publicado

2020-08-14

Como Citar

CARREIRA, André. Utopias da comunidade: o teatro invadindo o espaço urbano. Revista NUPEART, Florianópolis, v. 23, n. 1, p. 185–205, 2020. DOI: 10.5965/2358092521232020185. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/nupeart/article/view/17417. Acesso em: 27 fev. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)