Memorização para performance da “Máquina de Escrever” da Mini Suíte das Três Máquinas de Aylton Escobar: uma abordagem a partir do timbre

Autores

  • Bibiana Maria Bragagnolo UFPB

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312907092012234

Palavras-chave:

memorização, música contemporânea, guias de execução, Aylton Escobar, timbre

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo propor uma forma de memorização de música contemporânea para performance, mais especificamente, da “Máquina de Escrever” (Mini-Suite das Três Máquinas), de Aylton Escobar. Para tanto, foi aplicado um modelo de memorização baseado na sonoridade (timbres), tendo como referencial teórico principal a obra de Chaffin (2002) sobre memorização através de guias de execução.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-10-23

Como Citar

BRAGAGNOLO, B. M. Memorização para performance da “Máquina de Escrever” da Mini Suíte das Três Máquinas de Aylton Escobar: uma abordagem a partir do timbre. DAPesquisa, Florianópolis, v. 7, n. 9, p. 234-245, 2018. DOI: 10.5965/1808312907092012234. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/13959. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Música