Samuel Beckett e a pintura

Autores

  • Adriana Maria dos Santos Universidade do Estado de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312907092012218

Palavras-chave:

Beckett, pintura, teatro, corpo, disability

Resumo

Pesquisa centrada no campo do teatro com interlocução com as Artes Visuais, tendo como objetivo pensar os escritos do autor irlandês Samuel Beckett em que estes remetem à pintura, especificamente a dois pintores holandeses e questões relacionadas à representação e a conceitos desenvolvidos pelo autor de referência. Agrega-se a esta o termo disability, escolhido para propor um desdobramento da presença do corpo mutilado ou portador de próteses seguindo o princípio conceitual já mencionado. Tanto na pintura quanto nos escritos e no teatro, ocorre de pensar até onde o autor problematizou questões cuja contemporaneidade postula e desborda através de sua complexidade. O estudo desenvolve-se através de pesquisa bibliográfica, além de pesquisa de imagens e escritos, tendo como resultado final texto em formato de tese de doutorado cujas conclusões, assim como as origens da mesma, centram sua abordagem na reflexão acerca das relações em arte contemporânea em diálogo com os conceitos apresentados pelo autor em seu tempo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-10-23

Como Citar

SANTOS, A. M. dos. Samuel Beckett e a pintura. DAPesquisa, Florianópolis, v. 7, n. 9, p. 218-233, 2018. DOI: 10.5965/1808312907092012218. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/13958. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Artes Visuais