Aula de regra de três composta no estágio supervisionado: do trabalho prescrito ao trabalho real

Autores

  • Elisângela Bastos de Melo Espindola Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Aída Maria Pereira de Oliveira Universidade Federal Rural de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.5965/2357724X05092017101

Resumo

Este artigo tem o objetivo de analisar a passagem do trabalho prescrito sobre uma aula de “regra de três composta”, por um professor-regente (supervisor de estágio), ao trabalho efetivo de uma estudante-estagiária da licenciatura em matemática. Para tanto, tomamos como referência conceitos básicos da ergonomia cognitiva, tais como aqueles de trabalho, tarefa e atividade. Trata-se de um estudo de caso, desenvolvido durante a vivência de uma disciplina de Estágio Supervisionado, realizado com uma licencianda em matemática com a colaboração de um professor-supervisor de uma escola pública, situada em Recife- Pernambuco. Destacamos como procedimentos metodológicos a utilização das técnicas de entrevista, videogravação e de autoconfrontação simples. Dentre os resultados do estudo, ressaltamos a (re) interpretação do trabalho experenciado pela estudante-estagiária da preparação da aula sobre o tema “regra de três composta” a sua implementação em sala de aula; advinda de suas reflexões sobre seu trabalho docente, sobretudo, a partir da técnica de autoconfrontação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elisângela Bastos de Melo Espindola, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Professora adjunta do Departamento de Educação da Universidade Federal Rural de Pernambuco. Área Métodos e Técnicas. Atua na formação de professores de matemática.Doutora em Educação (UFPE)- Formação de Professores e Prática Pedagógica. Doutora em Science de l'Education (Université Claude Bernard Lyon 1) -  Education,  Psychologie, Information et Communication (EPIC). 

Aída Maria Pereira de Oliveira, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Licencianda em Matemática na Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Downloads

Publicado

2017-12-04

Como Citar

ESPINDOLA, Elisângela Bastos de Melo; OLIVEIRA, Aída Maria Pereira de. Aula de regra de três composta no estágio supervisionado: do trabalho prescrito ao trabalho real. Revista BOEM, Florianópolis, v. 5, n. 9, p. 101–121, 2017. DOI: 10.5965/2357724X05092017101. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/boem/article/view/10048. Acesso em: 17 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos