A arte em Emerson e Dewey: proposições teóricas e práticas para a pedagogia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/24471267932023315

Palavras-chave:

John Dewey, Ralph Waldo Emerson, arte, educação contemporânea

Resumo

Este artigo analisa aspectos da conceituação elaborada pelo filósofo e educador John Dewey (1859-1952) e pelo ensaísta e poeta Ralph Waldo Emerson (1803-1882) sobre a arte. Sem ter a intenção de analisar toda a complexidade envolvida nessa temática, o artigo tem por objetivo oferecer subsídios teóricos e alternativas práticas para o trabalho pedagógico com as artes. As duas primeiras seções discorrem sobre as teses de cada um desses autores sobre o tema em análise, e a terceira apresenta uma narrativa fictícia sobre as experiências de uma professora de educação infantil com o ensino de artes. A seção final discute esse modo peculiar de exposição, que alia o tratamento teórico ao relato de uma situação imaginária, destacando que seu objetivo é incentivar os professores a elaborarem procedimentos didáticos criativos, em contraposição às tendências desumanizadoras que ora se introduzem na educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tatiane Silva, Universidade de São Paulo

Doutora em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar da FCLAr - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP). Durante o Doutorado foi pesquisadora visitante na Texas A&M University (01/08/2015 - 31/12/2015, College Station - TX, com bolsa BEPE-FAPESP). Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da FFCLRP - Universidade de São Paulo (USP) (2013). Possui Graduação em Pedagogia pela USP (2010) e Graduação em História pela UNESP (2006). Membro do Grupo de Pesquisa Retórica e Argumentação na Pedagogia (USP/CNPq). Atualmente é professora da Rede de Educação Básica do Município de Ribeirão Preto - SP. Possui pesquisas e principais publicações nas áreas de Filosofia da Educação e História da Educação, focalizando os seguintes temas: Análise Retórica, Sofística, John Dewey, Ralph Waldo Emerson e Educação Brasileira.

Marcus Vinicius Cunha, Universidade de São Paulo

Possui graduação em Psicologia pela Universidade de São Paulo (1980), mestrado em Educação pela Universidade de São Paulo (1988), doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo (1992) e livre-docência pela Universidade Estadual Paulista (1998). Atualmente é Professor Associado da Universidade de São Paulo (Ribeirão Preto), onde atua no Curso de Pedagogia e no Programa de Pós-Graduação em Educação. É pesquisador do CNPq (nível 1 - D) e coordena o Grupo de Pesquisa Retórica e Argumentação na Pedagogia (USP/CNPq). Suas pesquisas e principais publicações situam-se nas áres de Filosofia da Educação e História da Educação, focalizando os seguintes temas: Análise Retórica, Sofística, Discurso Pedagógico, John Dewey, Pragmatismo, Educação Brasileira e Escola Nova.

Referências

ALEXANDER, Thomas M. The art of life: Dewey’s aesthetics. In: HICKMAN, Larry A. (Org.). Readen Dewey: interpretation for a postmodern generation. Indiana: Indiana University, 1998.

ANDRADE, Erika Natacha Fernandes; CUNHA, Marcus Vinicius. A contribuição de John Dewey ao ensino da arte no Brasil. Espacio, Tiempo y Educación, v. 3, n. 2, p. 301-319, 2016.

ANDRADE, Erika Natacha Fernandes; CUNHA, Marcus Vinicius. Action research with John Dewey’s poetic and rhetoric pedagogy. International Journal of Action Research, v. 13, n. 3, p. 261-275, 2017.

BROWN, Percy W. Emerson’s philosophy of aesthetics. The Journal of Aesthetics and Art Criticism, v. 15, n. 3, p. 350-354, 1957.

CANCLINI, Néstor García. O mundo inteiro como lugar estranho. Tradução Larissa Fostinone Locoselli. São Paulo: Universidade de São Paulo, 2020.

CARVALHO, Aline Hernandes; CUNHA, Marcus Vinicius. Uma genealogia das teses de John Dewey acerca da arte na educação. Educar em Revista, Curitiba, n. 37, v. e81888, p. 1-19, 2021.

COSTA-LOPES, Viviane; CUNHA, Marcus Vinicius. John Dewey: a busca por uma pedagogia retórica. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 46, e218071, p. 1-19, 2020.

CRICK, Nathan. Democracy and rhetoric: John Dewey on the arts of becoming. Columbia: University of South Carolina, 2010.

CRICK, Nathan. Compor a vontade de poder: John Dewey sobre a educação retórica para uma democracia radical. Educação e Cultura Contemporânea, v. 12, n. 28, p. 164-183, 2015.

DEWEY, John. Como pensamos: como se relaciona o pensamento reflexivo com o processo educativo – uma reexposição. 3. edição. Tradução Haydée de Camargo Campos. São Paulo: Nacional, 1959a.

DEWEY, John. Democracia e educação: introdução à filosofia da educação. Tradução Godofredo Rangel e Anísio Teixeira. 3. edição. São Paulo: Nacional, 1959b.

DEWEY, John. Emerson: the philosopher of democracy. In: BOYDSTON, Jo Ann; HICKMAN, Larry (Orgs.). The Collected Works of John Dewey, 1882-1953. 2. ed. The Middle Works, 1899-1924. Electronic Edition, 2003a. (v. 3, 1903-1906).

DEWEY, John. Human nature and conduct: an introduction to social psychology. In: BOYDSTON, Jo Ann; HICKMAN, Larry (Orgs.). The collected works of John Dewey, 1882-1953. 2. ed. The Middle Works, 1899-1924. Electronic Edition, 2003b. (v. 14, 1922)

DEWEY, John. Arte como experiência. Tradução Vera Ribeiro. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

DIAS, Rosimeri de Oliveira. Formação inventiva como possibilidade de deslocamentos. In: DIAS, Rosimeri de Oliveira (Org.). Formação inventiva de professores. Rio de Janeiro: Lamparina, 2012. p. 25-41.

ELGIN, Catherine Z. Fiction as thought experiment. Perspectives on Science, Cambridge, v. 22, n. 2, p. 221-241, 2014.

EMERSON, Ralph Waldo. Art. In: EMERSON, Ralph Waldo Emerson. Essays: first series. Kindle Edition. 1841a. p. 244-258.

EMERSON, Ralph Waldo. Thought on art. The Dial, v.1, January, 1841b.

EMERSON, Ralph Waldo. Intellect. In: EMERSON, Ralph Waldo Emerson. Essays: first series. Kindle Edition. 1841c. p. 227-244.

EMERSON, Ralph Waldo. A conduta para a vida. Tradução C. M. Fonseca. São Paulo: Martin Claret, 2003a.

EMERSON, Ralph Waldo. Ensaios. Tradução Jean Melville. São Paulo: Martin Claret, 2003b.

EMERSON, Ralph Waldo. Natureza. Tradução Davi Araújo. São Paulo: Dracaena, 2011.

EMERSON, Ralph Waldo. The American scholar. In: EMERSON, Ralph Waldo. Essays and poems. New York: Barnes & Nobles, 2004a. p. 50-66.

EMERSON, Ralph Waldo. Nature. In: EMERSON, Ralph Waldo. Essays and poems. New York: Barnes & Nobles, 2004b. p. 7-49.

GRANGER, David A. Recovering the everyday: John Dewey as Emersonian pragmatism. Educational Theory, v. 48, n. 3, 1998. p. 331-349.

GUARDIANO, Nicholas. Metamorphosis on art and nature: Emersonian poetry. Southwest Philosophical Studies, v. 33, 2019.

REGO, Teresa Cristina (Org.). John Dewey: as origens da educação progressiva. São Paulo: Segmento, 2018.

SHUSTERMAN, Richard. Emerson’s pragmatist aesthetics. Revue Internationale de Philosophie, v. 53, n. 207(1), p. 87-99, 1999.

SILVA, Tatiane; CUNHA, Marcus Vinicius. Dewey e a experiência estética: uma contribuição ao ensino de arte. Revista Apotheke, Florianópolis, v. 7, n. 2, p. 28-43, out. 2021a.

SILVA, Tatiane; CUNHA, Marcus Vinicius. Educação, comunicação e imaginação: contribuições teóricas e práticas. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 102, n. 262, p. 626-641, set./dez. 2021b.

SILVA, Tatiane; CUNHA, Marcus Vinicius. O drama como recurso educativo em John Dewey: Imagine! In: LAMPERT, Jociele (Org.). Reflexões sobre John Dewey e Arte como Experiência. no prelo.

SILVA, Tatiane; MERCAU, Horacio Héctor; CUNHA, Marcus Vinicius. John Dewey e Ralph W. Emerson: educação, arte e democracia. Revista Educação em Questão, Natal, v. 59, n. 60, p. 1-24, e-25102, abr./jun. 2021.

WAGNER, Betty Jane. Dorothy Heathcote: drama as a learning medium. Washington, D.C.: National Education Association, 1976.

WIEAND, Jeff. The artist as prophet: Emerson’s thoughts on art. Philosophy and Literature, v. 42, n. 1, p. 30-48, 2018.

Downloads

Publicado

2024-01-04

Como Citar

SILVA, Tatiane; CUNHA, Marcus Vinicius. A arte em Emerson e Dewey: proposições teóricas e práticas para a pedagogia. Revista Apotheke, Florianópolis, v. 9, n. 3, p. 315–335, 2024. DOI: 10.5965/24471267932023315. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/apotheke/article/view/24389. Acesso em: 29 maio. 2024.